Inter pega Palmeiras, após eliminar Portuguesa na Copinha

Por 15 de janeiro de 2022

Crédito: Jota Finkler

Desta vez, foi sofrido, com emoção até o final. A Portuguesa não cedeu fácil, mas a vaga nas oitavas de final da Copa São Paulo de Juniores é colorada. Na tarde deste sábado, no estádio Municipal Santana de Parnaíba, o Celeiro de Ases venceu a Lusa na disputa por pênaltis e avançou de fase.

Após um empate sem gols no tempo regulamentar, a decisão da vaga foi para as penalidades máximas. Lucas Flores defendeu a quarta cobrança do time paulista, enquanto Allison, Rangel, Matteo, Leonardo e Estêvão converteram para o Inter.

Nas oitavas de final, o Celeiro de Ases encara o Palmeiras, que eliminou o Atlético-GO com uma vitória por 3 a 0.

Com apenas um trio de minutos, o Colorado já levava perigo. Estêvão recolheu pela direita e mandou um chute cruzado venenoso. O goleiro salvou com ponta dos dedos. Dois minutos depois, Lucca puxou um bonito voleio dentro da área e Luiz Vitor novamente defendeu. Aos 8min, Jonathan avançou em velocidade pela esquerda e cruzou rasteiro no segundo poste, mas Lucca não conseguiu finalizar.

Depois disso, a Portuguesa conseguiu conter as ações coloradas e as oportunidades diminuíram. A comissão técnica colorada fez algumas alterações na segunda etapa em busca de novos caminhos rumo ao gol adversário. Aos 28min, Lucca lançou Allison com liberdade dentro da área. O camisa 10 bateu de canhota na saída do goleiro, que conseguiu fechar o ângulo e salvar o time paulista.

As mudanças até que surtiram efeito e o time passou a ser mais agressivo, mas a bola teimava em não entrar. Aos 33min, Matteo arrematou com força de fora da área e o goleiro defendeu em dois tempos. Três minutos depois, Samuel recebeu pela direita da grande área, cortou pra dentro e bateu de perna esquerda sobre o alvo.

Na disputa por penalidades, o Inter foi impecável e teve 100% de aproveitamento nas cobranças. Allison, Rangel, Matteo, Leonardo e Estêvão balançaram as redes, enquanto Lucas Flores defendeu a batida de Carlos Henrique.

FICHA TÉCNICA:

Internacional: Lucas Flores; Guilherme Varjão, João Pedro, João Felix e Luca Ryan (Samuel); Bizescki (Lukayan), Gustavo (Matteo), Jonathan (Rangel), Allison e Estêvão; Lucca (Leonardo). Técnico: João Miguel.

Local: Estádio Municipal Santana de Parnaíba.

Arbitragem: Tiago Mattos da Silva, auxiliado por Alex Alexandrino e José Lucas Cândido de Souza (trio de SP).