HCB retoma cirurgias eletivas

Por 7 de outubro de 2021

A Prefeitura de Cachoeira do Sul, através da Secretaria Municipal de Saúde e o Hospital de Caridade e Beneficência, vão retomar o processo de execução de cirurgias eletivas para diminuir a fila do SUS. Isso será possível com a entrada de recurso de R$ 200 mil de uma emenda impositiva federal. Para organizar este trabalho, intitulado “Mutirão de Saúde”, nesta semana reuniram-se o secretário Municipal de Saúde, Marcelo Figueiró, o administrador do HCB, Luciano Morschel e as equipes técnicas da Prefeitura e do HCB. A emenda faz parte das receitas conquistadas através do esforço do Prefeito, José Otávio Germano, buscando recursos para diminuir a fila de cirurgias eletivas.

Conforme o secretário Municipal de Saúde, Marcelo Figueiró, houve um grande esforço do prefeito, José Otávio Germano, que está contatando vários amigos, deputados federais de diferentes siglas, para conquistar mais de R$ 1milhão em emendas impositivas para auxiliar a saúde. Este recurso está servindo para iniciar o mutirão para diminuir as filas de cirurgias. “Estes R$ 200 mil é apenas o início do processo e auxiliará pessoas que estão há mais de cinco anos na fila de espera. Elas merecem ser atendidas e terem a possibilidade de bem viver em comunidade, retornando aos seus afazeres”, explica o secretário.

No encontro, ficou definido que inicialmente serão feitas cirurgias traumatológicas de média complexidade, principalmente menisco (joelho) e ombro. A prioridade será pela ordem cronológica da solicitação dos pacientes, tendo em vista que existem procedimentos esperando há muito tempo. O hospital deverá elaborar um plano de trabalho para utilização do recurso definindo os tipos de cirurgia, exames, avaliação pré e pós-operatório.

Também deverá montar as equipes de médicos, reservar os blocos necessários, equipamentos, insumos e utensílios. Conforme o HCB os trâmites burocráticos para fazer a primeira cirurgia deverá levar em torno de um mês. A Secretaria Municipal de Saúde caberá filtrar a lista para beneficiar o maior número de pessoas.

Quem destinou recurso para cirurgia eletiva:

– Nereu Crispim (Bancada): R$ 200 mil

– Heitor Schuch: R$ 200 mil

– Henrique Fontana: R$ 200 mil

– Pompeo de Mattos: R$ 300 mil

– Nereu Crispim (Individual): R$ 350 mil