Grupo aplica golpe da rifa para criança com necessidades especiais

Por 14 de julho de 2021

A Polícia Civil conduziu à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Cachoeira do Sul um homem, três mulheres e uma adolescente, todos residentes na região metropolitana. O grupo foi conduzido sob a suspeita da prática dos crimes de estelionato e organização criminosa. Segundo a Polícia, os detidos estavam vendendo falsas rifas em benefício de uma criança com necessidades especiais. A ação foi realizada na área central nesta quarta-feira.

Com os investigados foram apreendidos documentos – incluindo comprovantes de depósitos bancários e blocos de rifas, a quantia de R$2,1 mil, cinco aparelhos celulares e um veículo Renault Sandero.

Equipes da 1ª Delegacia de Polícia, da 2ª Delegacia de Polícia e do Serviço de Investigação Policial e Análise Criminal (Sipac) da 20ª Delegacia Regional de Polícia do Interior (20ª RPI) atuaram na ocorrência.