Grêmio é superado pelo Athletico por 1 a 0, na Arena

Por 13 de junho de 2021

Crédito: Lucas Uebel

O Grêmio entrou em campo, na Arena, na tarde deste domingo, para enfrentar o Athletico, em partida válida pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas acabou saindo derrotado pelo placar de 1 a 0.

Os instantes iniciais da partida foram movimentados. Antes do primeiro minuto de jogo, os visitantes ameaçaram com um uma jogada pelo meio, em que Vitinho cruzou na área para Nikão desviar de cabeça, obrigando Brenno a uma boa defesa. Já o Tricolor respondeu aos 3’, com Ferreira, da esquerda. O atacante cruzou no segundo poste, Diego Souza escorou de cabeça para o meio da área, mas a zaga paranaense conseguiu o corte.

Com 15’ jogados, Bruno Cortez desceu pela esquerda, foi a linha de fundo e cruzou. Diego Souza tentou a finalização de voleio, mas mandou por sobre a meta.

A partir dos 20 minutos, o jogo passou a ficar mais equilibrado, mas ambas equipes chegavam ao campo de ataque. Aos 22’, Matheus Henrique tentou um cruzamento da direita, mas a bola acabou saindo forte demais. No minuto seguinte, o volante trabalhou com Diego, pelo meio, que recebeu na entrada da área e finalizou. Santos defendeu.

O CAP chegou com perigo aos 25’, quando Nikão deu um passe para Richard na direita, mas Kannemann conseguiu cortar. Já o Tricolor teve uma falta da intermediária, em que Jhonata Robert colocou na área, mas Pedro Henrique tirou.

Outra tentativa gremista saiu dos pés de Ferreira, aos 30’. O atacante arriscou do meio, próximo a meia lua da grande área, mas a bola saiu à direita do gol.

Aos 35’, o Athletico chegou com bola parada. Marcinho cobrou uma falta, mas chutou direto pra fora. Em seguida, Richard recebeu na entrada da área e chutou, mas Brenno defendeu com tranquilidade.

Na reta final, uma chance adversária bem aproveitada. Marcinho acionou Matheus Babi, que recebeu em condições e finalizou na saída de Brenno, abrindo o placar, aos 43’.

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa complementar.

Aos 4’, Ferreira tentou chegar ao ataque com um cruzamento, mas Pedro Henrique conseguiu o corte. Em seguida, os gremistas tiveram uma chance em cobrança de falta da intermediária, pela meia esquerda. Diego Souza cobrou, mas a bola desviou na barreira e saiu pela linha de fundo. No escanteio, Jhonata Robert colocou no primeiro poste, Kannemann dividiu com a zaga para tentar desviar de cabeça, mas os paranaenses cortaram.

Com 11’ passados, o CAP chegou novamente. Abner fez um cruzamento buscando Matheus Babi, que deixou para Nikão, mas o atacante não alcançou e a defesa tricolor cortou.

O técnico Thiago Nunes providenciou sua primeira alteração: Maicon ocupou o lugar de Luiz Fernando.

Os adversários seguiram buscando o segundo gol e mantendo superioridade no jogo. Em novo lance, Matheus Babi se aproveitou de um erro defensivo e acionou Nikão, que finalizou de voleio. Por sorte, a bola passou à direita da meta defendida por Brenno.

Aos 18’, foi a vez de Ferreira acionar Rafinha. O lateral recebeu, fazendo um cruzamento na área, mas a defesa afastou.

Outras duas substituições foram feitas. Ricardinho e Vanderson nos lugares de Thiago Santos e Rafinha.

Com 28 minutos, o Athletico chegou pela direita, com um cruzamento na segunda trave, mas a zaga tricolor cortou. Em seguida, Terans finalizou da entrada da área, mas Brenno segurou firme. No minuto seguinte, Bruno Cortez fez um cruzamento da esquerda, a bola bateu na marcação e saiu a linha de fundo.

Aos 36’, Vanderson tentou um cruzamento na área, mas Thiago Heleno cortou num primeiro momento. Logo em seguida, o lateral cruzou novamente, mas mais uma vez a defesa interceptou o lance.

As últimas modificações no time gremista: Saiu Matheus e Jhonata Robert, para a entrada de Jean Pyerre e Léo Chú, com 39 minutos.

Na reta final, Jea Pyerre cobrou uma falta na área, mas a zaga paranaense mais uma vez cortou. Em seguida, Jean deu um passe para Ferreira entre dois marcadores, que dominou e chutou, mas a bola subiu demais, com 44’.

Nos acréscimos, Ricardinho recebeu e chutou, mas a finalização saiu mascada, com o corte da zaga pela linha de fundo. Após a cobrança de escanteio, a defesa afastou.

Com o resultado, Tricolor não soma pontos na rodada.