27.4 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 21 janeiro, 2021 - 13:44
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Golpe da conta bloqueada invade celulares de cachoeirenses

Na véspera do último mês do ano, cachoeirenses passaram a receber mensagens nos seus celulares sobre um bloqueio de suas contas no Banco do Brasil (BB). No entanto, o SMS enviado é parte de um golpe que tem o objetivo de roubar dados de correntistas e até dinheiro das vítimas.

A reportagem do Portal OCorreio recebeu uma das mensagens de golpistas contendo ainda um link avisando sobre o bloqueio. O destinatário precisaria realizar uma “atualização” para desbloquear a conta do BB.

Crédito: OC/Reprodução

Apesar de erros que poderiam servir de alerta aos correntistas que são alvos dos ataques, parte chega a abrir o link. Uma página similar à original, com formulário onde vários campos podem ser digitados, incluindo tipo de conta, agência, conta e até mesmo senha:

Crédito: OC/Reprodução

Os dados digitados revelados pelas vítimas acabam enviados aos criminosos. De posse das informações privadas, os golpistas podem ter acesso ao dinheiro da conta e até utilizarem para outras práticas ilícitas.

A estratégia dos estelionatários e causar preocupação aos correntistas que tentam agilizar o que acreditam ser um problema. Com isso, as vítimas deixam de atentarem a detalhes (palavras escritas com erros ortográficos ou de entrarem em contato com uma agência real para mais informações, por exemplo).

A recomendação é não abrir links desconhecidos, especialmente aqueles enviados por um número ou e-mail que não é de confiança. Em caso de dúvida, basta preencher todos os campos com informações aleatórias e conferir se, mesmo assim, a página aceita os dados, o que confirmaria ser um golpe.

Crédito: OC/Reprodução

Como identificar?

A reportagem do OCorreio apurou que a mensagem é enviada até mesmo para vítimas que não possuem conta corrente no Banco do Brasil.

Para evitar que correntistas sejam alvo dos criminosos, é necessário prestar atenção nas informações que são enviadas através do endereço eletrônico.

O número que entra em contato com o cliente é de um telefone celular. Se a informação fosse enviada pelo próprio banco, a mensagem iria conter um número de três a quatro dígitos.

Outro ponto que deve ser analisado é que se o usuário digitar os dados com informações aleatórias, a página continua funcionando e leva o usuário para preencher os dados.

Caso entre por engano na página que foi encaminhada via SMS, o usuário deve também se atentar a URL disponível do site para conferir que não é a página oficial do Banco do Brasil.

Crédito: OC/Reprodução

Alerta

O Banco do Brasil alerta os clientes para não fornecerem dados em sites desconhecidos ou em páginas abertas através de links recebidos por e-mail ou SMS.

Segundo a instituição bancária, caso receba qualquer mensagem suspeita, a vítima deve entrar em contato com uma agência O banco nunca solicita senhas, dados bancários ou pessoais pelos endereços eletrônicos.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região