Ghignatti x Professores: “Quem ele pensa que é?!”, pergunta Paixão

Por 13 de maio de 2019

Imagine uma cidade onde o prefeito não quer receber professores para dialogar. Não precisa imaginar. Quem mora em Cachoeira do Sul vive essa realidade. O prefeito Sérgio Ghignatti mandou o recado para o Sindicato dos Professores Municipais (Sinprom). A situação reverberou na sessão da Câmara de Vereadores na tarde desta segunda-feira (13). “Quem ele pensa que é para não receber os professores? Tem que receber todo mundo!”, externou Luis Paixão (PP) motivado por sua indignação com o caso. “O que é isso? A que ponto chegamos em Cachoeira?”, indagou.

Paixão ainda destacou que a pauta a ser tratada com o chefe do Executivo Municipal é relevante, envolvendo direitos da classe. “Estou favorável aos professores incondicionalmente”, taxou o vereador. “Eu teria colocado outdoor com a foto dele (prefeito). Teve cara de pau de ir na casa do cidadão pedir voto”, disparou o progressista ao lembrar da ação da entidade em instalar outdoor na área central para defender interesses do sindicato.

Paixão mostrou indignação com tratamento recebido pelos professores / Foto: OC

O vereador ainda citou a medida do prefeito em entrar na Justiça contra a categoria. “Fez sorrateiramente!”, finalizou Paixão.