Fora de casa, Inter empata sem gols com o Atlético-GO

Por 29 de agosto de 2021

O Internacional empatou sem gols com o Atlético-GO, na noite deste domingo, em partida da 18ª rodada do Brasileirão. Com o ponto conquistado no Antônio Accioly, o Colorado chega a 23 pontos na competição.

Os comandados de Diego Aguirre retornam aos gramados no dia 13 de setembro, após final de semana de folga em virtude da disputa da Data FIFA que conta com Edenilson, Palacios e Guerrero convocados. Diante do Sport, a partida abre o returno, e terá como palco a Ilha do Retiro.

Defesas levam a melhor

Nem Colorado, nem Dragão levaram verdadeiro perigo às defesas adversárias no primeiro tempo desta 18ª rodada do Brasileirão. Caracterizada por retaguardas bem postadas, a etapa inicial presenciou momento de maior verticalidade dos dois lados ainda na casa dos 10 minutos, quando Yuri, para o Inter, e André Luís, do lado do Atlético-GO, levaram perigo em lances de relativa confusão das zagas rivais.

Mais uma vez segura, a dupla de zaga formada por Bruno Méndez e Victor Cuesta anulou com exatidão as tramas de João Paulo e Zé Roberto, tabela que se mostrou perigosa ao longo deste primeiro turno de Brasilierão. Na frente, os melhores momentos colorados saíram da aproximação de Taison a Moisés e Patrick, trio que conseguiu boas tramas pela esquerda, mas nenhuma consagrada com gol.

Mandantes retornam melhor, Inter termina em cima

Quem retornou melhor dos vestiários foi o Atlético-GO, que acumulou boas chances nos 10 minutos de abertura da etapa final. Janderson, logo após a saída da bola, assustou pela esquerda, enquanto João Paulo teve arremate cortado em cima da linha, de maneira providencial, por Bruno Méndez. Aos 13, Zé Roberto também levou perigo, mas em lance paralisado por irregularidade na origem.

Após segundo terço de muitas paralisações, os 15 minutos finais de jogo presenciaram pressão colorada. A partir das entradas de Mauricio, Caio Vidal e Palacios, o Inter construiu enorme volume ofensivo, armado a partir da velocidade do trio e das paredes de Paolo Guerrero, que muito incomodava a zaga. Ninguém, contudo, foi capaz de balançar as redes, que seguiram intactas até o último apito.