Feliz aceitação para nós!

Por 10 de novembro de 2021

É tão agradável e prazeroso a gente não se enfurecer nem sentir raiva que, mesmo que se tenha motivos para tal, ainda assim, essa será sempre a melhor escolha a fazer pra quem quer proteger o que é realmente saudável e feliz pra sua vida, como a sua paz e a mente tranquila…

O bom de tudo é que só depende de nós agirmos assim se desejarmos, aconteça o que acontecer lá fora. Para isso, é imprescindível que se tenha aceitação acima de tudo.

Há quem diga que ter aceitação ao que nos desagrada é ser submisso, é ser frouxo… Mas será que é melhor nos irritarmos? Será que vale a pena esbravejar, odiar os outros, e no mesmo ato odiar a nós mesmos, fazendo-nos sofrer com isso?

Se prestarmos atenção vamos perceber que normalmente os motivos que nos fazem ficar incomodados, brabos e infelizes não têm nenhuma importância se comparados com a nossa plena e relaxante satisfação: isso sim é importante para vivermos a vida tão feliz que desejamos desde sempre.

Que façamos o melhor proveito do poder que temos de criar a nossa realidade, plantando sempre o que gostamos de colher, e não o contrário disso, como muitas vezes permitimos que aconteça.

Nunca é demais lembrar: ter aceitação é aceitar ser feliz.

 

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima.

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, palestrante, escritor, músico e comunicador, autor dos livros “A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida” e “Viva Feliz o Dia de Hoje. Viva!” e autor-intérprete do CD “Paz e Alegria de Viver”.