Falta de chuva baixa cada vez nível do Rio Jacuí em Cachoeira do Sul

Por 4 de março de 2020

 

Baixo nível do Rio Jacuí preocupa a comunidade da região. Fotos: Cacau Moraes

A estiagem na região de Cachoeira do Sul, que se acentua cada vez mais, traz preocupação com o nível do Rio Jacuí. Na área da Estação de Captação de água da Corsan, nas proximidades da Ponte-Barragem do Fandango (à montante), por exemplo, o nível do Jacuí está três metros abaixo de sua marca normal, que é de 18 metros. À jusante (em direção ao Capão Grande) o nível baixa mais. Está em 13,26 metros. Por isto, bancos de areia e ilhas são vistos ao longo do rio.

Se o Rio Jacuí baixar mais seu nível poderá faltar água na cidade? A Corsan diz que, por enquanto, não. Para evitar problemas de desabastecimento, a Companhia informa que está utilizando bombas submersas para captar água bruta do Jacuí. No entanto, mesmo diante desta providência, segue o alerta devido a problemas com as comportas da barragem, que por falta de manutenção não realizam o adequado represamento da água para facilitar a captação da água pela Corsan.

Existe até a promessa da Companhia de se responsabilizar pela recuperação das comportas, função que deveria ter sido realizada há muito tempo pelo órgão responsável, o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit). A alegação é que é preciso de um projeto técnico para conserto das comportas, medida que já teria sido tomada, no entanto, o certo é que no primeiro semestre deste ano nada vai acontecer.

 

ATENÇÃO

Com a falta de chuva desde o começo de dezembro, o Rio Jacuí proporciona um visual diferente com o alargamento das margens o que possibilita realização de caminhadas. Quem também aproveita o momento são os pescadores, pois ao longo do rio é possível se ver canoas e mais canoas por todo lado. Significa que a pesca continua sendo uma opção de renda para muitas famílias.