28.8 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 4 dezembro, 2020 - 14:33
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Exames do DML de Cachoeira confirmam agressões que mataram criança

Exames do DML de Cachoeira confirmam agressões que mataram criança

A Polícia Civil divulgou no fim da tarde desta quinta-feira (6) o nome e uma foto do suspeito de matar por espancamento Enzo Gabriel Quintana Dilemburg, 2 anos. Seu padrasto, Jonatas Gomes de Melo, 32 anos, é natural de Santa Cruz do Sul. Melo morava com a mãe da criança em Encruzilhada do Sul há cerca de um ano e fugiu no mesmo dia do crime. A Justiça já expediu um mandado de prisão preventiva. O corpo da vítima foi examinado pelo Departamento Médico Legal (DML) de Cachoeira do Sul.

O menino chegou ao hospital na manhã desta quarta-feira (5) com hematomas pelo corpo e rosto. A suspeita de maus-tratos passou a ser investigada. Enzo foi sepultado nesta quinta-feira (6) em Venâncio Aires.

Padrasto, Jonatas Gomes de Melo, é principal suspeito / Foto: Polícia

 

A mãe do menino já prestou depoimento. Segundo relatou, o suspeito havia agredido Enzo em outra ocasião. A própria mulher foi alvo de agressões. O padrasto saiu de casa, mas acabou retornando.

DML

Segundo avaliação feita a partir de exames no DML de Cachoeira, a causa da morte foi politraumatismo. A criança fraturou uma costela e seu corpo apresentava sinais de possível esganadura, além dos hematomas presentes até no seu rosto.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região