24.5 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 22 janeiro, 2021 - 23:12
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Escolas Municipais voltam às aulas dia 4 de março

As aulas nas escolas municipais de Cachoeira do Sul estão planejadas para iniciarem no próximo dia 4 março. A proposta da Secretaria Municipal de Educação (Smed) é pelo retorno gradual da presencialidade, atendendo 50% da capacidade dos espaços da escola. Os estudantes serão divididos em dois grupos, um com aulas presenciais e outro com atividades remotas, revezando o grupo na sequência. Ainda não foi definido se este revezamento será diário ou semanal, sempre respeitando a opção das famílias pelo ensino remoto.

A previsão é encerrar o ano letivo de 2021 em 17 de dezembro. Seguem esta data as Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEI´s), Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEF´s) e Escolas de Educação Infantil (EEI´s), tanto da rede privada quanto conveniada, todos estes regidos pelo Sistema Municipal de Ensino.

A professora Solanje Louzada, diretora pedagógica da Smed, explica que nesta terça-feira foi o último do ano letivo das escolas municipais e que no próximo dia 21, todos os educadores entram em férias por 30 dias. O recesso escolar de 15 dias ocorrerá entre 20 e 28 de fevereiro e depois entre 28 de julho e 3 de agosto.

Nos dias 1º e 2 de março está previsto a formação dos profissionais da educação para o ano letivo de 2021. Neste ano, o acolhimento aos profissionais será o norteador do encontro, assim como a importância do acolhimento da comunidade escolar. “É preciso acolher o professor para que ele possa fazer o mesmo com os estudantes. Muitos alunos estão ansiosos para retornar para a escola, outros não. É preciso estar minimamente preparado para ficar de frente com estas duas realidades”, frisa Solanje.

Alunos terão avaliação diagnóstica

Os estudantes da rede municipal de ensino de Cachoeira passarão por uma avaliação formativa, feita pelos seus professores, para encerrar o ano letivo. O documento avalia o grau de aprendizagem de cada aluno, de acordo com o referencial emergencial tido como base neste ano de 2020 devido a pandemia da Covid-19. E, no retorno à presencialidade, passarão por uma avaliação diagnóstica.

Estas orientações do processo de encerramento no ano de 2020, frente à pandemia e orientações gerais para o início do ano letivo de 2021 estão no parecer 018/2020 do Conselho Municipal de Educação (CME). Pela norma, aconselha-se que todos os estudantes sejam promovidos, mas que a ficha avaliativa descreva se há deficiência em alguma área do aprendizado, norteando desta forma o trabalho dos professores neste ano.

As escolas municipais estão preparadas para o retorno do ano letivo?

Em princípio, sim. Todas as escolas já entregaram seus planos de contingência ao Comitê de Operações Especiais (COE) e estão dentro das condições sanitárias exigidas para oferecer segurança aos alunos e profissionais. Faz-se necessário retomar se ainda precisam de algum ajuste, visto o tempo já transcorrido desde a sua elaboração. O retorno à presencialidade é um desejo de muitos, mas precisa acontecer com segurança.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região