Enfrentamento contra a Covid: Cachoeira adota novas regras para atividades econômicas

Por 27 de janeiro de 2022

Cachoeira do Sul enfrenta uma nova onda da Covid-19 com 156 novos casos por dia, considerando a média da última semana, além de dois óbitos registrados no domingo e na segunda-feira e com o Centro de Triagem da UPA atendendo uma média de 129 pacientes/dia.

O aumento expressivo de casos fez a região de Cachoeira receber um alerta do Governo do Estado nesta semana e deixou também em alerta o prefeito José Otávio Germano.

Nesta quinta-feira, ele determinou ao secretário municipal da Saúde, Marcelo Figueiró, que desloque 4 médicos para a UPA para agilizar o atendimento aos pacientes, visto que a grande maioria de casos de Covid registrados na cidade são de grau leve ou assintomáticos, o que tem afogado o pronto atendimento do local.

Além disso, o prefeito deliberou que seja redigido novo Decreto Municipal, válido até 13 de fevereiro, com a suspensão de bailes, boates e bares de caráter noturno, redução de capacidade de atendimento em estabelecimentos de alimentação para 70% com funcionamento até a meia-noite e redução também para 70% da ocupação para eventos sociais. “Não podemos ser omissos”, pontuou o prefeito diante do agravamento no número de casos. Ele pediu ainda que a fiscalização atue em conjunto com a Brigada Militar no cumprimento das regras. “Ao administrador não cabe esperar pelo pior, que pode ou não pode acontecer. O fato é que houve aumento de casos, a UTI do HCB está 50% ocupada e fomos acionados pelo Estado, então prefiro pecar pelo excesso do que pela omissão”, declarou o prefeito dizendo ainda que está ciente de que alguns setores sentirão mais as consequências das novas regras, mas que a saúde da população deve estar à frente destas questões.

O Município informará ao Estado as ações tomadas com o objetivo de frear a propagação do vírus. O novo Decreto entra em vigor nesta sexta-feira.


CONFIRA DOCUMENTO CLICANDO AQUI


Texto: Eloisa Uliana