Encontro com Soluções foi de casa cheia no Senac

Por 1 de maio de 2019

Encontro com Soluções realizado na noite desta terça-feira no Senac Cachoeira do Sul para gestores e empresários trouxe conceitos do Design Thinking, uma ferramenta cada vez mais difundida para inovação de marcas, produtos e serviços / Foto: Senac/Divulgação

O Encontro com Soluções realizado na noite desta terça-feira (30) para gestores e empresários foi de casa cheia no Senac Cachoeira do Sul. O especialista Giancarlo Giacomelli apresentou a palestra Design Thinking: Inovação focada em Pessoas e Resultados.

Giacomelli alertou aos empresários e gestores sobre a necessidade de se aliar cada vez mais o avanço tecnológico com elementos humanos, sendo esta uma das principais premissas do Design Thinking. Trata-se de uma forma de pensar o marketing dos negócios que ajuda a tornar produtos e serviços a serem vistos de maneira mais próxima e “amigável” do público consumidor.

“Os últimos anos têm se caracterizado pela combinação de tecnologia com elementos cada vez mais humanos. Desde 2014, quando Apple e P&G comunicaram que usavam o design thinking como método para gerar inovações cada vez mais centradas no humano, o método vem se popularizando. Passou a ser utilizado por professores, profissionais de RH, engenheiros, empreendedores e qualquer pessoa que trabalhe atendendo demandas de clientes”, comentou o palestrante Giacomelli, que é administrador com MBA em Gestão da Inovação, especialista em Educação Profissional e Gestão de Projeto.

Natura (cosméticos) e Havaianas (sandálias) são exemplos de grandes empresas que adotaram o Design Thinking no impulsionamento de suas marcas e produtos.

 

CASES DE APLICAÇÃO DO DESIGN THINKING:

Natura

  • A Natura queria adotar uma abordagem leve e divertida, para ampliar e fortalecer o relacionamento com o público mais jovem. Nesse sentido, a Natura reuniu uma equipe multidisciplinar para pensar em soluções que, de fato, fossem relevantes para o consumidor que a marca queria atingir. O processo foi desenvolvido tendo como foco as necessidades e a experiência dos consumidores, num trabalho realizado de maneira colaborativa e inovadora.

 

Havaianas

  • A Havaianas tem como carro-chefe as famosas sandálias de borracha, que em alguns lugares do mundo podem chegar a custar US$ 500. Mas a linha de produtos da Havaianas é composta também por toalhas, calçados, chaveiros e bolsas.
  • No caso das bolsas, a empresa recorreu ao Design Thinking para elaborar sua estratégia de lançamento. A intenção era de que as bolsas mantivessem a brasilidade e transmitissem um estilo descontraído e alegre, algo que já era observado nas sandálias.
  • O primeiro passo foi entrevistar pessoas de todo o Brasil para identificar certas características do povo brasileiro que pudessem ser transmitidas nas bolsas. A pesquisa foi feita também em outros países com o objetivo de manter a coerência com os mercados internacionais.
  • Depois, a Havaianas desenvolveu diversos protótipos, os quais foram testados, avaliados e adaptados até que a empresa chegou a um modelo ideal, lançado no São Paulo Fashion Week.