Em prisão domiciliar, homem furta picanha, é preso, liberado e furta de novo

Por 8 de agosto de 2021

Contando ninguém acredita, mas foi verdade. Num típico trabalho de quem enxuga gelo, a Brigada Militar prendeu um homem na manhã deste sábado (7) após ele ter furtado uma porção de picanha num supermercado situado na Avenida Brasil, em Cachoeira do Sul. Acionada, a BM abordou e deteve o homem logo após ele ter deixado o estabelecimento.

Como é de praxe nesses casos, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para registro da ocorrência. Independentemente de se configurar ou não situação de flagrante, como ele estava em prisão domiciliar e cometeu um crime estando nessa condição, automaticamente deveria ser recolhido ao Presídio Estadual de Cachoeira do Sul.

Foi o que a BM fez. Após o registro na delegacia, na chegada à casa prisional, no Bairro Cristo Rei, os policiais militares foram surpreendidos por uma decisão que teria partido do Judiciário para que o indivíduo fosse solto, sob suposta alegação de que não era atribuição do magistrado de plantão decretar a suspensão da prisão domiciliar do criminoso, e que isso seria função da Vara de Execuções Criminais de Santa Cruz do Sul.

LIMPA NO CAIXA

Uma vez solto, o bandido voltou a reincidir no crime ao furtar R$ 300,00 do caixa de um armazém localizado a menos de um quilômetro do presídio. O suspeito possui diversas passagens por furtos.

A reportagem não conseguiu contato com o Fórum de Cachoeira do Sul para obter o contraponto.