Eletricista morre em acidente de trabalho na Porteira Sete

Por 3 de setembro de 2021

Josias Damacena era morador do Bairro Marina e apaixonado por tradicionalismo / Foto: Divulgação

 

O eletricista Josias da Silva Damacena, de 43 anos, faleceu na tarde desta sexta-feira (3) durante trabalho de manutenção de rede elétrica na localidade de Porteira Sete, interior de Cachoeira do Sul. Funcionário há sete anos da Celetro, ele integrava uma equipe de profissionais que realizavam a substituição de um transformador.

Durante o procedimento, Josias sofreu uma descarga elétrica, não resistiu e faleceu no local. Equipes da Celetro deslocaram-se para o local do acidente durante a tarde para acompanhar o trabalho das equipes de socorro e da Polícia Civil. Técnicos do Instituto Geral de Perícias (IGP) foram acionados e deslocaram-se de Santa Maria para fazer o levantamento para posterior elaboração de laudo pericial que determinará as circunstâncias da morte.

Em nota, a Celetro manifesta solidariedade e coloca-se à disposição da família do eletricista. “A Direção da CELETRO se solidariza e presta todo o apoio necessário à família neste momento difícil para todos. A Família CELETRO encontra-se em profunda consternação pela perda deste profissional”, diz um trecho do texto divulgado pela direção da cooperativa.

Após o trabalho pericial, o corpo deve ser encaminhado ao Posto Médico Legal para passar por exame de necropsia. Os atos fúnebres devem ser divulgados pela família posteriormente. Josias deixa a esposa Deise e dois filhos.

TRADICIONALISTA

Josias era bastante conhecido no meio tradicionalista de Cachoeira do Sul. Morador do Bairro Marina, era apaixonado por rodeios, costumava andar pilchado nos momentos de folga e gostava de confraternizar em churrascos com a família e amigos.

 

O COMUNICADO OFICIAL DA CELETRO, NA ÍNTEGRA:

NOTA DE PESAR

A Cooperativa de Eletrificação Centro Jacuí Ltda. (CELETRO) comunica, com profundo pesar, o falecimento do funcionário Josias da Silva Damacena, aos 43 anos, no início da tarde desta sexta-feira, 3 de setembro de 2021. Ele integrava uma equipe de eletricistas que fazia uma troca de transformador em rede elétrica na localidade de Porteira Sete, no interior de Cachoeira do Sul/RS, e, durante o procedimento, acabou sofrendo uma descarga elétrica.

A Direção da CELETRO se solidariza e presta todo o apoio necessário à família neste momento difícil para todos. A Família CELETRO encontra-se em profunda consternação pela perda deste profissional.

A CELETRO ressalta que suas equipes passam por cursos e treinamentos permanentes na área de prevenção de acidentes e todo o trabalho em redes só é realizado em cumprimento rígido das normas de segurança e com equipamentos de proteção individual exigidos pela legislação do Setor Elétrico Nacional.

As causas do acidente fatal serão apuradas pelas autoridades competentes e a CELETRO aguardará a conclusão do laudo pericial para avaliar eventuais providências necessárias.

Os atos fúnebres serão divulgados posteriormente pela família com informações sobre velório e sepultamento.

 

A Direção.