20.2 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 13 maio, 2021 - 16:38
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Editora Coralina – de Cachoeira do Sul – lança “Eu vou matar Maximillian Sheldon”

Não existem vidas comuns: nem todo mundo pode ser Indiana Jones, mas o seu João ali da esquina é irrevogavelmente o sujeito de sua própria tragédia ou comédia, goste ou não. O aperitivo é a chamada para uma das obras lançadas pela editora cachoeirense Coralina. “Eu vou matar Maximillian Sheldon” tem autoria de Leonardo Brasiliense.

Leonardo BrasilienseO escritor nasceu em 1972, em São Gabriel. Formado em medicina pela Universidade Federal de Santa Maria, trabalha na Receita Federal. Publicou “O desejo da Psicanálise”, “Meu sonho acaba tarde”, “Desatino”, “Adeus conto de fadas” (Prêmio Jabuti de melhor livro juvenil em 2007), “Olhos de morcego” e “Whatever”.

“Eu vou matar Maximillian Sheldon” – novo livro de contos do premiado autor – já disponível para compra.

São dez contos que exploram as singularidades cotidianas de maneira ora sutil, ora extremada, a depender de quem conta as histórias, o que revela bastante sobre os narradores e, na medida da identificação ou da rejeição, sobre o leitor.

       

Ficha:

Coordenação editorial, projeto gráfico, diagramação e capa: Angel Cabeza

Edição, preparação e revisão: Cláudio B. Carlos

Publisher: Pedro Paulo Graczcki

Revisão: Cleber Pacheco

Editora Coralina

A Editora Coralina nasceu em Cachoeira do Sul. A novidade chegou com uma proposta diferente. “Podemos, além de publicar livros, cuidar da carreira do autor, agendando sua participação nas principais feiras da Região Sul”, detalha o editor, Cláudio Carlos. Conforme explica, Coralina tem duas livrarias: uma em Cachoeira do Sul e outra em Santa Maria. O editor-executivo, Pedro Paulo Graczcki, tem mais de duas décadas de experiência em gestão de feiras e formação de novos leitores.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região