E-book com diretrizes estratégicas para o setor de jogos eletrônicos é lançado

Por 9 de junho de 2022

Foi lançado o e-book com diretrizes estratégicas para o setor de jogos eletrônicos (2022-2030), iniciativa liderada pelo GameRS, um programa da pasta de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict), com comitê gestor em conjunto com as secretarias da Educação (Seduc), da Cultura (Sedac) e de Desenvolvimento Econômico (Sedec). O material é considerado um marco para o setor de jogos eletrônicos, posicionando o Rio Grande do Sul como referência nacional. Na última semana, o governo gaúcho lançou edital de R$ 934 mil para o setor.

Conduzido pela coordenadora do programa, Maria Giovana Halfen Schaeffer, o lançamento ocorrido nesta quarta-feira (8/6) em formato de live, teve a participação de vários agentes do segmento de jogos eletrônicos do Estado, os quais participaram da elaboração do e-book. “Hoje queremos plantar sementes de ideias e ações que solucionem problemas e impulsionem oportunidades para o nosso Estado”, afirmou. “É importante compreendermos por que o governo tem um programa com foco em games: este é um setor que contribui positivamente para a inovação e promove desenvolvimento econômico e social no Estado”, disse.

De acordo com ela, o guia é a concretização de um movimento iniciado em 2021, que contou com entrevistas e encontros virtuais com 35 pessoas de 19 instituições relacionadas ao setor. Nesse grupo, estão empresas consolidadas, startups, associações, universidades – como as agraciadas pelo Edital GameRS 02/2021 – e representantes do setor público. O movimento possibilitou a elaboração de uma “matriz SWOT”, constituída pelas fraquezas, forças, oportunidades e ameaças identificadas, que é esmiuçada no e-book e ajuda a pensar sobre uma pergunta central: “aonde o setor quer chegar?”.
Para seguir com as discussões exploradas no e-book, foram montados dois grupos de trabalhos.

Investimentos do RS no setor de games

Como setor estratégico e em expansão, várias secretarias do Estado lançaram editais que contemplam games. Em 2019, a Secretaria da Cultura (Sedac) lançou o Edital Movimento, no valor de R$ 3 milhões, que contemplou dois projetos de games para promover a cultura gaúcha, com cotas de R$ 100 mil e R$ 25 mil.

Em 2020, a Sict lançou o edital Techfuturo, com espaço para os games, que recebeu oito propostas do setor. Em 2021, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico lançou o Edital de Arranjos Produtivos Locais (APL), no valor de R$ 200 mil.

Com o programa GameRS, em 2021, a Sict apoiou, por meio de edital, a implementação de dois laboratórios de testagem de qualidade em jogos eletrônicos, no valor de R$ 808 mil. Os laboratórios serão instalados na Feevale e na Universidade de Caxias do Sul (UCS) até julho de 2023. Este ano, a Sedac também lançou R$ 2 milhões em cotas específicas para desenvolvimento e finalização de games, por meio do Edital FAC Filma.