Detido após roubo gravado acaba liberado

Por 26 de setembro de 2021

Uma rotina que desafia os agentes da Segurança Pública. Conseguem capturar um criminoso. Conduzem até a Delegacia. A ocorrência é registrada. E o detido é liberado. Um enredo que segue as determinações da lei, mas gera revolta na comunidade. Um exemplo voltou a ocorrer neste sábado. A Brigada Militar de Cachoeira do Sul prendeu um jovem de 20 anos depois de um roubo na área central. O crime chegou a ser gravado por uma câmera de segurança no local.

Crédito: OC/Arte/Reprodução

Ainda pela manhã, a Brigada Militar de Cachoeira do Sul conseguiu localizar e deter um rapaz com as mesmas características. Os policiais militares foram acionados, após denúncias de populares e tiveram acesso ao vídeo. Foi dada voz de prisão ao jovem, que acabou apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, onde a ocorrência foi registrada. Na sequência, o detido estava liberado.

De acordo com a legislação, a liberação é definida por falta de elementos que justifiquem a prisão, uma vez que a ocorrência policial está confeccionada. No caso, nem a gravação do roubo e a resposta da Brigada Militar com a captura foram suficientes para sua prisão.

Por vezes, o detido deixa a Delegacia de Polícia antes mesmo que os policiais que atuaram na sua abordagem. Além disso, outro ponto questionado é reincidência. Idas e vindas de delegacias ou mesmo do presídio acabam fazendo com que agentes conheçam características de criminosos que são soltos e voltam a cometerem delitos.