17.7 C
Cachoeira do Sul
domingo, 27 setembro, 2020 - 07:36
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • DESEMPREGO: CACHOEIRA TEM PIOR SEMESTRE DO GOVERNO GHIGNATTI

DESEMPREGO: CACHOEIRA TEM PIOR SEMESTRE DO GOVERNO GHIGNATTI

O Ministério da Economia divulgou, na manhã desta terça-feira (28), a atualização do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), com dados até junho de 2020. A reportagem do Portal OCorreio teve acesso aos números de Cachoeira do Sul. No semestre, o Município registrou a extinção de 476 postos de trabalho. Foram 1.928 demissões no período. O desempenho negativo foi o pior do mandato do prefeito Sergio Ghignatti em comparação aos primeiros semestres desde 2017. Apenas em junho, Cachoeira do Sul teve 192 contratações e 307 desligamentos, resultando em 115 postos de trabalho perdidos.

Entre janeiro e junho de 2019, o saldo negativo foi de 79 vagas extintas. No ano anterior, o saldo chegou a ser positivo, em 25 postos de trabalho. Já no primeiro semestre de 2017, 118 vagas foram perdidas.

Ao todo, o período do atual Governo Municipal corresponde a 14.464 demissões registradas e 920 postos de trabalho extintos desde o início do mandato.

O Rio Grande do Sul foi o terceiro estado que mais fechou empregos formais no país no país entre janeiro e unho: 4.851 vagas extintas. Já no cenário nacional, 1.198.363 postos de trabalho foram perdidos. Segundo avaliações de especialistas, os saldos são consequência dos impactos da pandemia de Coronavírus.

Advertisement