11.8 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 14 maio, 2021 - 23:12
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • REGIÃO
  • Deputado Jerônimo Goergen garante apoio para projeto de equoterapia em Candelária

Deputado Jerônimo Goergen garante apoio para projeto de equoterapia em Candelária

O deputado federal Jerônimo Goergen (Progressistas) recebeu, no escritório de representação de Porto Alegre, o vereador de Candelária, Marco Antônio Larger, o Tonho. No encontro, Goergen garantiu a destinação de emenda parlamentar no valor R$ 250 mil para a implantação do “Programa Caminho Sobre Patas”, que tem como objetivo oferecer a equoterapia no tratamento de pessoas com necessidades especiais.

Segundo o parlamentar, os recursos serão incluídos no Orçamento Geral da União do próximo ano. “Fiquei muito impressionado com a qualidade do projeto e seus impactos sociais”, ressaltou Goergen.

A iniciativa de buscar apoio para o início das atividades do Centro de Equoterapia de Candelária partiu do Grupo da Cavalgada da Mulher Gaúcha. A demanda encaminhada pelo vereador Tonho ainda conta com o apoio da APAE, Prefeitura Municipal, Mandala Associação Pró-Autismo, Lions Clube, Rotary Clube e voluntários do município.

As sessões acontecem aos sábados à tarde, no Parque de Eventos Itamar Vezentini, através da mediadora Nádia da Rosa, com a interação da égua chamada de “Rebentona”.

Recursos serão incluídos no Orçamento Geral da União do próximo ano / Foto: Divulgação

A equoterapia, também chamada de equiterapia ou hipoterapia, é um tipo de terapia com cavalos que serve para estimular o desenvolvimento da mente e do corpo. Ela serve para complementar o tratamento de indivíduos com deficiências ou necessidades especiais, como a síndrome de Down, paralisia cerebral, derrame, esclerose múltipla, hiperatividade, autismo, crianças muito agitadas ou com dificuldade de concentração, por exemplo.

Esse tipo de terapia para pessoas com necessidades especiais deve ser feito em um ambiente adequado e especializado, pois o cavalo deve ser manso, dócil e bem treinado para que o desenvolvimento da pessoa seja estimulado e o tratamento não seja comprometido.

Durante todas as sessões é importante, além do treinador do cavalo, a presença de um terapeuta, que pode ser um fisioterapeuta especializado, psicomotricista ou fonoaudiólogo, por exemplo, para orientar os exercícios.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região