Deputada participa do 1º Happy Hour Jurídico em Cachoeira do Sul

Por 13 de maio de 2022

Crédito: Divulgação

A deputada Zilá Breitenbach participou do 1º Happy Hour Jurídico da Ordem dos Advogados do Brasil de Cachoeira do Sul, ao lado da presidente da Liga Feminina de Combate ao Câncer, Marcia Tischler, na noite desta quinta-feira.

No evento, Zilá, que é presidente do PSDB Mulher RS, abordou sobre a valorização feminina e o combate à violência de gênero. A Lei Estadual 15.793/2022, que prevê a capacitação de mulheres vítimas de violência, de sua autoria. Também destacou o Projeto de Lei 413/2021, que trata da importância do mapeamento genético em pacientes com alto risco de desenvolvimento de câncer de mama.

A deputada é integrante das Comissões Permanentes da Agricultura, do Mercosul e Presidente da Comissão da Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do RS. Também preside a Frente Parlamentar em Defesa das Vítimas de Violência e é membro atuante da Frente Parlamentar de Combate aos Privilégios. Em seu quarto mandato, tem 30 leis sancionadas e mais 18 projetos tramitando, onde destacam-se textos ligados ao combate a corrupção, desenvolvimento econômico e defesa dos direitos das mulheres, crianças e adolescentes.


“Apesar de mais escolarizada, a mulher ainda ganha cerca de 75% do salário masculino, e mesmo sendo a maioria da população tem presença acanhada no quadro de liderança nas empresas. Além disto temos pouca representatividade também na política, e em outras áreas, como na agropecuária. Mesmo com avanços a partir da Lei Maria da Penha, ainda temos dados elevados de violência de gênero o que coloca o Brasil no 5º lugar no ranking mundial de feminicídios, em uma comparação entre 83 países, com uma taxa 2,4 vezes maior que a taxa mundial de dois assassinatos a cada 100 mil mulheres. Assim vemos o quanto é necessário manter o debate sobre o que cada um pode fazer, tanto para reduzir as estatísticas de violência, quanto para diminuir a disparidade entre homens e mulheres no mercado de trabalho” – deputada Zilá Breitenbach