15 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 28 setembro, 2020 - 11:30
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Deixa pra lá!

É certo que já ouvimos essa sugestão aí do título de pessoas com quem convivemos para que não ficássemos magoados, sofrendo, pelo que alguém nos tenha dito ou feito e que nos desagradasse. Essa dica é bastante sábia por ser um grande estímulo para “deixarmos pra lá”, para não darmos importância a fatos, pessoas e situações que nos incomodem. Até por que, se prestarmos atenção, vamos perceber que os motivos que normalmente nos causam contrariedade, raiva, incômodo e, portanto, sofrimento, não têm nenhum valor para a nossa vida, pelo contrário, somente nos afastam da paz e da alegria de viver que tanto desejamos.

Pra quê ficarmos infelizes em vários momentos da nossa vida, de forma tão automática, se podemos estar tranquilos e satisfeitos em cada um desses momentos, se realmente quisermos? Para preservar sempre o nosso bem-estar é ideal seguir a sugestão lá do título. No entanto, se “não deixarmos pra lá”, e tivermos ideias como odiar, nos vingar, não perdoar, basta refletir se esse tipo de reação nos faz bem ou mal, sinceramente… no ato do fato teremos a resposta.

Se um pensamento nos faz mal é porque é mal, o que também atrairá para nós situações dessa mesma sintonia mais adiante, de acordo com a consagrada lei da atração dos semelhantes, em que semelhante sempre atrai semelhante. Assim como pensamentos que nos fazem bem só irão atrair igualmente situações benéficas para vivermos. Que estejamos sempre a favor da nossa felicidade, sim, e tudo o que for contrário a ela, é só “deixar pra lá”… agora inclusive.

 

O melhor de tudo é que a gente tem opção. A começar por concordar ou não com as afirmações acima.

Ótima semana, queridos leitores e leitoras!

Cleo Boa Nova é publicitário, palestrante, escritor, músico e comunicador, autor dos livros “A Nossa Vida é a Gente Quem Cria. Senão Não Seria a Nossa Vida” e “Viva Feliz o Dia de Hoje. Viva!” e autor-intérprete do CD “Paz e Alegria de Viver”.

Advertisement