Defesa Civil lança programa para enfrentamento de desastres

Por 2 de setembro de 2021

A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, de Cachoeira do Sul, divulgou nesta quinta-feira (2) as diretrizes do Programa Cachoeira Resiliente. A proposta, apresentada ao prefeito José Otávio Germano, consiste em um conjunto de ações nas áreas educacionais, comunicação, redução de riscos e  de enfrentamento aos desastres.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Edson das Neves Júnior, Cachoeira do Sul tem sido diretamente afetado por desastres que, nos últimos 10 anos, motivaram 15 Decretos de Situação de Emergência ou Estado de Calamidade Pública, causando danos humanos e ambientais expressivos e prejuízos financeiros que ultrapassam R$ 31 milhões de média anual, comprometendo 17,71% da Receita Corrente Líquida do Município.

ATENÇÃO

A recorrência de desastres naturais colocam Cachoeira do Sul na lista dos 821 municípios com a maior recorrência de eventos adversos do Brasil, conforme dados do Ministério do Desenvolvimento Regional, Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e na lista dos 5 municípios gaúchos mais afetados por inundações.

IMPORTANTE

Segundo levantamento realizado em Cachoeira do Sul pelo Ministério de Minas e Energia, Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral Serviço Geológico do Brasil e Departamento de Gestão Territorial, foram identificadas 11 áreas, 1.392 residências e 5.568 pessoas residindo em locais de alto e muito alto risco, suscetíveis a enchentes, inundações e movimentos de massa.

 

 

Defesa Civil tem projeto inédito. Foto: Ascom Prefeitura

AÇÕES DO PROGRAMA CACHOEIRA DO SUL RESILIENTE

1. AÇÕES ESTRUTURANTES: Modernizar a estrutura administrativa e operacional da Defesa Civil no município de Cachoeira do Sul.

2. AÇÕES EDUCACIONAIS: Desenvolver ações educativas e de formação para todos os níveis de ensino desenvolvendo uma cultura de prevenção e preparação para o enfrentamento de desastres.

3. AÇÕES DE COMUNICAÇÃO E INTERAÇÃO: Para a redução dos riscos e preparação para o enfrentamento dos desastres é fundamental a participação da comunidade, a compreensão do tema Proteção e Defesa Civil e a implantação de canais de comunicação.

4. AÇÕES DE REDUÇÃO DE RISCO DE DESASTRES: Desenvolvimento de ações preventivas, através da identificação e avaliação de cenários vulneráveis e intercomunicação com órgãos de fiscalização e de políticas de ordenamento e ocupação do solo.

5. AÇÕES DE PREPARAÇÃO PARA ENFRENTAMENTO DE DESASTRES: Preparação das equipes que integram a Proteção e Defesa Civil e a comunidade cachoeirense para o enfrentamento de desastres.

6. AÇÕES DE RESPOSTA E ATENDIMENTO A COMUNIDADE AFETADA POR DESASTRES: Realização de ações de resposta e reconstrução para atendimento a comunidades afetadas por desastres com o objetivo de reestabelecer a normalidade.