Defesa Civil emite alerta para chuvas fortes e vento

Por 2 de maio de 2022

Em Cachoeira, o Rio Jacuí já alaga regiões ribeirinhas. Fotos: Cacau Moraes.

 

A Defesa Civil de Cachoeira do Sul emitiu alerta na tarde desta segunda-feira (02) para possibilidade de temporais associados à chuva volumosa, rajadas de ventos fortes e risco de cheias nos rios entre esta segunda e a próxima quinta-feira (5).

Uma das preocupações é o Rio Jacuí, que já alaga regiões ribeirinhas e provocou a suspensão do serviço de balsa para travessia de veículos pesados entre a Praia Nova e a Rua Moron. Para Cachoeira do Sul, conforme o Climatempo, a previsão é de 25 mm de chuva para esta terça-feira (3) e para quarta (4), 50 mm. Já para quinta-feira (5) não aparece chuva para a região.

Desta forma, a inundação do Rio Jacuí em toda sua área de abrangência deverá aumentar. A Defesa Civil já se mobiliza para atuar no Bairro Cristo Rei, região do município onde muitas moradias sempre são atingidas pelas cheias do Jacuí.

ATENÇÃO

De acordo com institutos de meteorologia estão previstos muita chuva e vento para o RS nesta semana:

Para esta terça-feira (03):

-O tempo seguirá instável sobre o estado com condição para elevados volumes de chuva entre o Norte e o Nordeste gaúcho, devido à atuação da baixa Aviso Hidrometeorológico – 169 pressão. Ao longo do dia, este sistema evolui para um ciclone extratropical, que se desenvolve entre a costa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e mantém as chuvas fortes entre o Centro, Norte e Nordeste do estado. Os acumulados podem ultrapassar os 90 mm em áreas da Serra e Litoral Norte. Com a influência do ciclone, os ventos sopram com moderada a forte intensidade sobre o estado, com rajadas de vento que variam entre 70 e 90 km/h, especialmente na faixa litorânea, deixando o mar bastante agitado e aumentando o risco de ressaca.

Para quarta-feira (04):

– O tempo vai se manter instável na metade norte, com os acumulados mais expressivos no Nordeste gaúcho, ultrapassando os 130 mm entre a Serra e o Litoral Norte. Com a manutenção do ciclone, as rajadas de vento continuam intensas no Litoral Norte e o mar segue agitado. Devido às chuvas persistentes e altos volumes, há risco de enchentes, deslizamentos e queda de barreiras.

Para quinta-feira (05):

– As chuvas continuam atuando com intensidade fraca a moderada na região Nordeste do estado, especialmente na Serra e no Litoral Norte, mas perdem força gradualmente no decorrer do dia à medida que o ciclone se afasta da costa gaúcha. As rajadas de vento ainda sopram com intensidade moderada a forte na faixa entre o Litoral Médio e Norte. Tendência: na sexta-feira (06), a tendência é que uma massa de ar seco e frio avance sobre o estado, fazendo com que o tempo volte a ficar firme e com temperaturas baixas.

Fonte: Sala de Situação da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Agência Nacional da Águas (ANA)