25.3 C
Cachoeira do Sul
quinta-feira, 22 outubro, 2020 - 21:00
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Decisão sobre permanência do Batalhão Rodoviário deve sair até outubro

Decisão sobre permanência do Batalhão Rodoviário deve sair até outubro

Fotos: Ass. Com.

O comandante do Batalhão Rodoviário de Brigada Militar (BRBM) confirmou que existe um estudo para analisar a permanência do grupo em Cachoeira do Sul. A decisão deve sair até o início de outubro. A averiguação existe por causa dos custos do batalhão estar situado longe da RSC-287. As informações foram repassadas em reunião que contou com a participação do deputado estadual Adolfo Brito e do vereador de Cachoeira Marcelo Martins (ambos do PP).

Os parlamentares argumentaram que Cachoeira do Sul não pode perder o trabalho feito pela guarnição, além da preocupação com os familiares dos policiais que teriam que se deslocar de município. Brito e o vereador Marcelinho afirmaram que será marcada audiência com o secretário de Segurança e vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior, quando irão argumentar pela permanência do regimento. “Temos dados concretos que mostram que para o Estado não haverá mudança financeira”, afirmou o deputado.

De outra parte, o vereador instalará uma frente parlamentar na Câmara de Cachoeira do Sul para continuar trabalhando pela permanência da sede do batalhão no Município, que atende a parte administrativa e auxilia na fiscalização de trânsito em três rodovias estaduais da Região.

Corsan

Uma outra audiência foi realizada na Corsan, com o superintendente de Relações Institucionais, André Finamor. Foi tratado sobre a obra de esgoto do Bairro Noêmia para atender cerca de 1,8 mil famílias, beneficiando cerca de 6 mil pessoas. Neste caso, o contrato foi assinado ainda em 2012, e se encontra atrasado. Finamor acrescentou que a obra está concluída, no entanto, antes de ser colocada em funcionamento, houve furto nas bombas e equipamentos eletromecânicos.

Fotos: Ass. Com.

O superintendente assegurou que até o fim de setembro deverá estar concluído o levantamento da companhia e, se os custos não ultrapassarem R$ 100 mil, a obra poderá ser concluída ainda em 2019. Caso contrário, se houver necessidade de licitação, a entrega ocorrerá apenas em 2020.

As informações serão repassadas pelo vereador nesta segunda-feira (19), durante sessão plenária da Câmara.

Fotos: Ass. Com.
Fotos: Ass. Com.
Advertisement
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região