Criança atropelada no Passo D’Areia tem morte cerebral diagnosticada

Por 5 de maio de 2022

A menina Rafaela Lopes de Freitas, de 7 anos, teve morte cerebral confirmada nesta quinta-feira (5), depois de 11 dias internada em decorrência de um atropelamento sofrido na Estrada da Ferreira/VRS-809, no Passo D’Areia, em Cachoeira do Sul. Ela foi colhida por um GM Classic no final da noite de 24 de abril, um domingo, a poucos metros do trevo do Comercial.

Rafaela estava junto com a mãe, Ana Cláudia Menezes Lopes, 33, que também chegou a ser atingida pelo carro e fraturou um dos pés. No entanto, a situação mais grave foi a da menina Rafaela, que teve múltiplas fraturas pelo corpo e traumatismo craniano. A criança deu entrada no Hospital de Caridade e Beneficência, mas teve de ser transferida ao Hospital Universitário de Santa Maria.

Ela passou por tratamento intensivo durante todo o período de internação. No entanto, após exames e protocolos de verificação dos sinais vitais, foi constatado pela equipe médica que Rafaela encontra-se em morte cerebral e que seus órgãos funcionam somente com ajuda de aparelhos. Nesta quinta-feira, a família de Rafaela ainda estava em Santa Maria.

O motorista suspeito de ter atropelado Rafaela já foi identificado pela Polícia e já teria feito contato com a família de Rafaela para prestar assistência. O caso é investigado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.