Cotricasul é arrematada em leilão judicial por empresa cachoeirense

Por 24 de maio de 2022

Unidade da Rua 7 de Setembro está entre os complexos adquiridos em leilão judicial / Foto: Arquivo

 

A empresa Trevisan Alimentos, de Cachoeira do Sul, arrematou por cerca de R$ 6 milhões as unidades de recebimento de grãos da Cooperativa Tritícola Cachoeirense (Cotricasul). No leilão judicial, foram adquiridas os complexos da Boa Vista, no entroncamento da BR-153 com a BR-290, e da Rua 7 de Setembro, nos fundos do Hospital de Caridade e Beneficência, na beira do Rio Jacuí.

As aquisições permitirão à Trevisan Alimentos a ampliação da capacidade de recebimento de grãos para cerca de 600 mil sacos. A empresa trabalha com arroz, soja, trigo e milho. A ideia é operacionalizar a unidade da Boa Vista já a partir da safra 2022/2023.

A Cotricasul estava com recebimento de grãos desativado desde a primeira década dos anos 2000, em razão de dificuldades econômicas que levaram à insolvência da cooperativa.