21.3 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 23 outubro, 2020 - 18:57
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Coronavírus: roda de chimarrão deve ser evitada, diz ministro

Coronavírus: roda de chimarrão deve ser evitada, diz ministro

Foto: Divulgação

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que as tradicionais rodas de chimarrão devem ser evitadas devido ao risco de propagação do novo coronavírus. A recomendação saiu nesta quarta-feira (26), depois da confirmação do primeiro caso da doença no Brasil.

O motivo da recomendação é que a doença é transmitida a partir de gotículas que saem da boca das pessoas contaminadas. Como tradicionalmente as pessoas compartilham o chimarrão e as gotículas podem ficar na bomba da bebida, a ocasião se torna propícia para a transmissão do coronavírus e outras infecções respiratórias.

Mandetta fez a mesma orientação em relação ao tereré, bebida consumida tradicionalmente em Estados como o Mato Grosso do Sul, o Mato Grosso e o Paraná. O tereré também envolve infusão de erva-mate e uso de bomba para a sucção, mas é bebido frio.

O primeiro caso confirmado do novo coronavírus no país é de um homem de 61 anos, morador de São Paulo. Ele esteve em viagem a trabalho na Itália, no período de 9 a 21 de fevereiro, onde teria se contaminado. A confirmação ocorreu após notificação do Hospital Albert Einstein, onde o homem esteve internado.

Ele foi submetido a exame preliminar que apontou positivo para a doença. Uma contraprova no Instituto Adolfo Lutz confirmou o primeiro caso do novo coronavírus no Brasil.

Advertisement
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região