Como prevenir a queda capilar excessiva?

Por 8 de junho de 2022

Crédito: Divulgação

A queda capilar é um dos fatores claramente ligados à autoestima e saúde feminina; entenda os fatores mais comuns e como prevenir a queda excessiva

A queda de cabelo está ligada a diversos fatores. Alguns pontos patológicos fáceis de contornar e que são os responsáveis pela queda capilar em jovens e adolescentes, são:

  • Transtornos alimentares;
  • Fator emocional;
  • Síndrome dos Ovários Policísticos;
  • Alteração hormonal.

Hábitos que favorecem a queda capilar

A ideia é prestar atenção nesses fatores para que, além da queda capilar, não tragam outras consequências de saúde e não somente de autoestima. Essas situações, no entanto, não são tão simples de resolver. Logo, é essencial considerar abandonar para alguns “hábitos” que podem gerar queda capilar em excesso, como:

  • Uso de presilhas e piranhas;
  • Rabo de cavalo e tranças apertadas;
  • Tererê e chapinha;
  • Descoloração.

Claro que, como todo cuidado para uma saúde plena, a alimentação também é um ponto de observação, sendo necessário observar se há consumo excessivo de energéticos, álcool e/ou a carência proteica de carne e peixe.

Para saber se você sofre com queda capilar em excesso, a proporção ganho e perda faz sentido. Observar muitos fios de cabelo caídos em sua casa, no box do banheiro, na mesa de estudos, por exemplo, é sinal de perda superior ao ganho.

Além de todo esse fator fundamental de cuidado com a saúde no geral, os cuidados corretos com os fios também é indispensável para evitar a queda de cabelo em excesso. Manter um cronograma capilar frequente pode transformar completamente a saúde dos cabelos.

Vale destacar, evidentemente, que será mais positivo o resultado pelo diagnóstico acurado que especialistas que trabalham contra a queda capilar, associado aos tratamentos com produtos e rotina adequada.