Combate contra Covid: Prefeitura e Secretaria da Saúde do RS alinham ações

Por 1 de julho de 2021

Em reunião virtual nesta tarde, com a presença do prefeito José Otávio Germano, a secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann, disse reconhecer os bons números da vacinação em Cachoeira e que vê como positivas as campanhas de testagens e a fiscalização de positivados, iniciada no dia 2 de junho.

O prefeito José Otávio apresentou a média de casos diários – que caiu de 64 casos/dia há um mês para 24 casos/dia hoje – e disse que acredita que a ação de fiscalização de positivados tenha sido o principal fator motivador desta queda. “Agora nós temos o controle dos positivados, acreditamos que essa fiscalização está fazendo a diferença pois o positivado está em casa e não está transmitindo o vírus para outras pessoas na rua”, disse o prefeito. Na primeira semana de fiscalização, 11% dos positivados não foram encontrados cumprindo o isolamento. O índice caiu para 1,63% nos últimos 3 dias.

Ficou alinhado que não haverá novas flexibilizações e alterações nos protocolos e que as mesmas só serão feitas quando houver aval da equipe técnica do Estado e do Ministério Público. Além disso, o Município intensificará a fiscalização com a contrapartida do Estado.

A secretária Arita pediu ainda que o Município continue fazendo o bom trabalho que tem realizado na questão da vacinação e disse que colocou à disposição dos municípios de Caçapava do Sul e Sobradinho, que fazem parte da Região 27, equipamentos para abertura de leitos de UTI Covid, na tentativa de desafogar o HCB, atualmente o único Hospital com leitos desse tipo para atender os cerca de 200 mil habitantes da região.

Participaram também da reunião o Procurador-Geral e secretário de Governo, Hélio Garcia Junior, a Procuradora Juliana Flores, o secretário de Saúde, Marcelo Figueiró e o coordenador da Defesa Civil, Edson das Neves Junior, a promotora Débora Becker, o chefe de Gabinete do Governo do estado, Marcelo Soares Alves, o coordenador da 8ª Coordenadoria de Saúde, Júlio Lopes, e o especialista em saúde do CEVS, Richard Steiner Salvato.