Cinta-liga: 3 dicas para criar looks incríveis

Por 4 de agosto de 2022

Para uma mulher, não tem nada melhor do que se sentir confortável e bonita com uma lingerie. Atualmente, com alguns acessórios, a mulher consegue ficar com um visual incrível, se sentindo ainda mais confiante no dia a dia.

Um dos itens que agregam charme e uma boa dose de sensualidade é a cinta liga, produto que faz a mulher se sentir ainda mais poderosa, seja para compromissos mais casuais, ou para aquele momento especial a dois. Confira algumas dicas de como usar esse acessório!

Uma das primeiras coisas para não errar na hora de usar a cinta liga é saber como prendê-la corretamente. Parece banal dizer isso, mas saber como fixá-la no corpo é fundamental para arrasar no look.

Neste contexto, uma das dicas é ter atenção com as descrições do produto que você adquiriu. No caso de alguns modelos, é comum ter um fecho na parte de trás da cintura. Eles possuem até quatro regulagens, permitindo que você ajuste a peça conforme a necessidade do seu corpo.

  1. Combine a cinta liga com suas lingeries favoritas

No que diz respeito ao look ideal, não existe uma regra pré-estabelecida. O segredo é criar combinações que priorizem a beleza e o conforto para seu corpo.

Se a ideia é realçar mais o quadril, deixando o bumbum mais à mostra, as calcinhas fio dental e string são ótimas sugestões. A primeira tem laterais finas e pouca cobertura na parte de trás, enquanto a segunda vem com laterais finas e reguláveis, valorizando o quadril e as curvas naturais.

Por outro lado, para mulheres que preferem laterais médias, mas que não perdem em beleza e sensualidade, a dica da vez é a calcinha biquíni. Trata-se de uma peça versátil e que cai super bem para diferentes biotipos.

  1. Crie looks com cores diferentes

Na hora de combinar a cinta e a calcinha, uma das dicas é apostar em um tom monocromático, usando a mesma cor. Por outro lado, também é possível misturar tonalidades.

Caso escolha a primeira opção, não há segredos, a ideia é combinar cinta liga preta, por exemplo, com outras peças da mesma cor. Porém, no caso de cores distintas, vale explorar o degradê com tons próximos como, por exemplo, uma cinta liga branca fica uma graça com sutiãs e calcinhas de cores claras.

  1. Misture tecidos e texturas diferenciadas

Além de misturar cores, vale também combinar texturas e tecidos. Neste contexto, a ideia é apostar em itens de uma mesma coleção, mas que tenham design de renda. É válido apostar em calcinhas de outros tecidos, que são leves e macias, com cintas de renda.