Chuva e granizo causam estragos na cidade e o interior

Por 8 de setembro de 2021

 

Inundação causou estragos na Rua Sete de Setembro. Fotos: Cacau Moraes

A chuva com vento e granizo que atingiu a região de Cachoeira do Sul entre o feriado de 7 de Setembro e a madrugada dessa quarta-feira (8) totalizou em média 174 mm e causou estragos na cidade e interior. A Defesa Civil foi acionada para socorrer famílias, que tiveram suas moradias alagadas.

No centro da cidade, o caso que chamou atenção foi a inundação da Rua Sete de Setembro no cruzamento com a Avenida Presidente Vargas. Uma cratera abriu em frente ao Banrisul, um contêiner foi levado pela força da água que invadiu estabelecimentos comerciais. O local estão parcialmente isolado, porque em outros pontos da Rua Sete também houve o afundamento da pavimentação.

Também houve alagamentos em outros pontos como nos cruzamentos das ruas Moron com Major Ouriques, na Avenida Presidente Vargas com Roberto Silva e na Rua Antônio Pereira Fortes entre as ruas Fontoura Xavier e Marcelo Gama, na zona norte da cidade, onde uma casa foi totalmente alagada.

ATENÇÃO

O granizo foi forte na região da Volta da Charqueada e nos outros bairros da zona leste causando também prejuízos para famílias produtoras de hortifrutigranjeiros. No interior, a região de Rincão dos Menezes está com estradas alagadas devido à chuvarada da madrugada.

DEFESA CIVIL

Conforme o coordenador da Defesa Civil, Edson Júnior, foram atendidos casos de inundações em residências ocasionados por enxurrada em duas casas no Bairro Fátima, uma na Promorar e na Sete de Setembro esquina com Presidente Vargas onde a força da água abriu buracos no calçamento.

“Foram diversos chamados decorrentes de infiltração em telhado”, disse o coordenador, acrescentando que por problemas estruturais de residências, não foi registrado destelhamento ou danos graves decorrentes de granizo ou vendaval até o momento.

IMPORTANTE

O caso mais grave foi a queda de parte do salão de festas de uma casa que já tinha sido interditado na chuva anterior.

NA PREFEITURA

A chuva também atingiu também o Paço Municipal, onde funciona a Procuradoria Jurídica e o gabinete do prefeito José Otávio Germano. O atendimento presencial foi interrompido na manhã desta quarta-feira (8) devido à inundação no prédio as linhas telefônicas estão interrompidas.