Cempra já tem 30 cavalos recolhidos das ruas

Por 30 de agosto de 2021

Aumenta o número de animais recolhidos. Foto: Divulgação

O Centro Municipal de Proteção Animal (Cempra), de Cachoeira do Sul, tem atualmente sob seus cuidados 30 cavalos, que foram retirados das ruas por estarem soltos em via pública ou em situação de maus tratos.

Na última semana, os servidores Renier Paschoal, Felipe Trindade e Pedro Schalabitz, da equipe do Cempra, com o apoio da Brigada Militar, recolheram mais um cavalo que estava extremamente debilitado, em um terreno no Bairro Gonçalves.

O animal estava sem comer e beber água há dois dias, segundo relato dos vizinhos e precisou ser medicado durante 4 horas no próprio local e ter ainda a ajuda de uma retroescavadeira da Secretaria de Obras para se levantar. Após o atendimento, o animal foi levado ao Cempra onde se recupera.

ATENÇÃO

O Cempra conta hoje com duas cocheiras preparadas para receber os animais. que chegam extremamente debilitados, chamadas pela equipe de “hospital do cavalo”.

DOAÇÃO

Entre os 30 cavalos que estão sendo recuperados no Cempra, 14 deles já estão em condições de serem disponibilizados para adoção. O Cempra já repassou os 14 animais à ONG SOS Animais, a única entidade que formalizou a intenção de recebê-los, que ficará responsável pelas doações. Os cavalos doados são chipados e só são entregues a famílias que tenham condições de deixá-los soltos e que não os utilizem para tração.

CHIPAGEM

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Geraldo Fogliarini, os cavalos que ficam amarrados em trevos, calçadas ou próximos às vias públicas serão chipados pela Secretaria. Além da chipagem, será feita a resenha dos animais, com todas as características para identificação, além de nome, endereço e CPF do proprietário. A chipagem, além de trazer mais segurança para o proprietário em caso de roubo, serve para identificação da Secretaria e da Brigada caso esse animal seja apreendido ou cause algum tipo de acidente.