Cachoeirense morre após quase dois meses internada devido a acidente

Por 29 de novembro de 2021

Eduarda dos Santos Morais tinha 21 anos e atualmente morava em Teutônia / Foto: Divulgação

 

Hospitalizada havia quase dois meses por causa de um acidente de trânsito, a cachoeirense Eduarda dos Santos Morais, 21 anos, morreu nesta segunda-feira (29) no hospital de Montenegro. Ela morava há quatro anos em Teutônia, onde trabalhava na cooperativa de alimentos Languiru.

O acidente aconteceu no começo de outubro. Eduarda saía de uma confraternização entre amigos e se preparava para ingressar num carro de aplicativo quando sofreu uma queda na rua. A jovem acabou sendo atropelada por um veículo.

Ela foi socorrida com uma fratura no fêmur e foi levada consciente ao hospital, onde passou por cirurgia. No entanto, o quadro se agravou e a industriária teve de ser encaminhada para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do hospital de Montenegro. Eduarda não resistiu às complicações dos procedimentos hospitalares.

Antes de ir embora para Teutônia, Eduarda morava no Bairro Frota. Ela deixa dois filhos, os pais Paulo Aureci Morais e Marlise Freitas dos Santos, e demais familiares. O velório está previsto para começar às 8h desta terça-feira na capela da Funerária Valmarques da Rua Pinheiro Machado, em frente ao HCB. O sepultamento está previsto para as 11h, no Cemitério Municipal de Cachoeira do Sul.