17.5 C
Cachoeira do Sul
sábado, 17 abril, 2021 - 00:01
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Cachoeira recebe 5 novos respiradores

Crédito: Ass. Com.

Cachoeira do Sul recebeu na tarde desta terça-feira (2), cinco novos respiradores, enviados pela Secretaria Estadual da Saúde. A definição pela busca de mais equipamentos iniciou no final da manhã de domingo após uma conversa entre o titular da 8ª Coordenadoria Regional de Saúde, Júlio Lopes e o administrador do Hospital de Caridade e Beneficência (HCB), Luciano Moschel. Na tarde desta segunda-feira (1º), o prefeito José Otávio Germano reforçou o pedido através de uma ligação para a secretária estadual de Saúde, Arita Bargmann, e ainda no final da tarde desta segunda-feira (1º) chegou a confirmação de que a cidade receberia os respiradores.

Em razão da alta taxa de infecção do coronavírus e lotação de leitos em praticamente todas as regiões do Estado, sobrecarregando os serviços de saúde, o HCB precisou colocar em prática o seu plano de contingência. Dividido em três etapas, neste momento a casa de saúde já está vivenciando a segunda etapa, denominada de situação de emergência, em que é possível a abertura gradual de até 7 leitos extras de UTI Covid, necessitando assim dos novos respiradores.

Nesta situação, o HCB pode alocar estes leitos extras de UTI na enfermaria Covid e transferir a enfermaria Covid para a Unidade 350, suspender gradativamente as cirurgias eletivas e realocar equipamentos, equipe assistencial e médicos do corpo clínico. Tudo feito de forma gradual, conforme for necessário.

Crédito: Ass. Com.

MONTAGEM DOS RESPIRADORES

Os novos respiradores, que chegaram em forma de cedência, ainda precisam ser montados para entrarem em funcionamento. Desde o momento que os equipamentos chegaram na cidade, o HCB está contatando a empresa responsável pela montagem para que isso aconteça o mais breve possível. Somente depois disso eles estarão aptos para ser usados.

Etapa três do plano de contingência é a situação de calamidade

Caso entre em fase ainda mais crítica, a chamada situação de calamidade, o HCB pode alocar pacientes graves aonde tiver possibilidade (UPA, Pronto Atendimento, sala de recuperação do Centro Cirúrgico), realizar somente cirurgias emergenciais e chamar todos os médicos do corpo clínico.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região