19.6 C
Cachoeira do Sul
sábado, 23 janeiro, 2021 - 07:29
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Cachoeira ocupa 267ª posição do RS em ranking contábil e fiscal

O ranking da qualidade da informação contábil e fiscal é uma iniciativa da Secretaria do Tesouro Nacional criada para avaliar a consistência da informação que o Tesouro recebe por meio do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro – Siconfi – e, consequentemente, disponibiliza para acesso público. Os resultados do levantamento mais recente passaram a circular entre as prefeituras nesta quarta-feira (2). A reportagem do Portal OCorreio teve acessos aos dados de Cachoeira do Sul. Segundo a apuração elaborada, o Município ocupa a 267ª posição estadual do ranking. A nota obtida foi 203,5.

Já em termos nacionais, Cachoeira do Sul figura na 1.547ª colocação, com a nota 222,1.

Na microrregião, Cachoeira (nota 191,3) está a 5ª posição, atrás de Paraíso do Sul, Pantano Grande, Novo Cabrais e Cerro Branco. Atrás do Município aparecem Rio Pardo e Passo do Sobrado, totalizando sete integrantes no grupo.

A intenção é fomentar a melhoria da qualidade da informação contábil e fiscal que é utilizada tanto pelo Tesouro Nacional quanto pelos diversos usuários dessa informação.

Em 2019, foi publicada a primeira versão do ranking que observou dados estaduais de 2018. Essa versão utilizou verificações consideravelmente simples e os dados da Declaração de Contas Anuais (DCA), do Relatório Resumido de Execução Orçamentária (RREO) do 6º Bimestre e do Relatório de Gestão Fiscal (RGF) do 3º quadrimestre.

Para o ranking de 2020, que analisa os dados de 2019, foram introduzidas várias inovações, como a criação de novas verificações mais complexas, a inclusão da Dimensão I e a introdução do Ranking Municipal. As bases de dados foram extraídas no dia 3 de junho e considerou as declarações homologadas até o dia 2 de junho. Além dessa versão, ainda será disponibilizado um painel online do ranking que será atualizado diariamente e refletirá eventuais correções que forem efetuadas nas declarações.

Para os próximos anos, o ranking trará ainda mais inovações, como a inclusão da Matriz de Saldos Contábeis (MSC) no rol de informações avaliadas, o cruzamento dos dados do Siconfi com outras bases de dados , a criação de notas para o desempenho dos entes etc.

O ranking da qualidade da informação é dividido em dimensões de avaliação. Cada uma dessas dimensões reúne um conjunto de verificações que tem o mesmo objetivo ou que sejam relacionadas às mesmas informações.

Atualmente, existem quatro dimensões de avaliação:

Dimensão I – Gestão da informação
Dimensão II – Informações Contábeis
Dimensão III – Informações Fiscais
Dimensão IV – Informações Contábeis x Informações Fiscais

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região