Cachoeira do Sul terá seu primeiro bar vegano

Por 11 de outubro de 2019

A partir do mês de outubro, iniciam os serviços do Urtiga – Cozinha e Bar Vegano. Localizado na
Avenida Júlio de Castilhos, 998, o primeiro bar vegano, com cardápio 100% de origem vegetal e o
mais orgânico possível, é uma proposta do cachoeirense Jeronimo Rodrigues Camargo, que iniciou
a vida profissional na área da publicidade, e tornou-se cozinheiro profissional a partir de 2015.
Formado cozinheiro pelo SENAC em 2018, Jerônimo iniciou na cozinha ao se tornar vegetariano, em 2011,
quando passou a preparar sua alimentação, buscando novos sabores, retomando o que se tinha antes de
comer carnes. Descobriu que tem muito mais possibilidades de temperos e condimentos na alimentação vegetariana e, agora, vegana, do que na alimentação a base de carne.

Proposta é do cachoeirense Jeronimo Rodrigues Camargo / Foto: Náthaly Weber / Saia Rodada

Em 2015 abriu, com dois sócios, a cafeteria vegana e livraria O Rolê de Guadalupe, fazendo paralelamente eventos e vendas de alimentos prontos e congelados de forma autônoma. Em 2018 ingressa na equipe do restaurante La Calle e, em 2019 resolve abrir seu próprio espaço, motivado pela necessidade e vontade de mostrar que existe a possibilidade de ter uma cozinha vegana, com base na produção orgânica da cidade em um espaço de encontro entre as pessoas que são adeptas a esse tipo de alimentação e aquelas que tem curiosidade de conhecer e experimentar novos sabores.

O “Urtiga – cozinha e bar vegano” terá como base no cardápio alimentos da agricultura familiar, temperos produzidos pela casa e pancs (plantas alimentícias não convencionais) como a urtiga, que dá nome ao espaço. O Urtiga oferecerá a partir de dezembro, delivere de prato feito no almoço e inicia em outubro com happy hour com lanches e comidas de boteco a partir das 16h20.

Além disso, também terá alimentos prontos congelados, pastas e molhos para a venda, tendo também a opção de delivery pela própria casa. A inauguração oficial está marcada para o dia 1º de novembro, Dia Mundial do Veganismo.

Junto ao cardápio vegano, o Urtiga também vai ser um espaço de conhecimento, difundindo os conceitos e mais informações sobre o tema, através das suas redes sociais e no próprio ambiente, estando presente nos elementos da decoração, na forma de servir, nas bebidas e na escolha dos seus fornecedores.