15.9 C
Cachoeira do Sul
domingo, 20 setembro, 2020 - 15:28
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Cachoeira do Sul não tem retorno das aulas presenciais

 

Em Cachoeira do Sul não existe previsão de retorno das aulas. Foto: Divulgação

Em Cachoeira do Sul não aconteceu a retomada das aulas presenciais na Educação Infantil, conforme calendário proposto pelo governo do Estado. Segundo a secretária de Educação, Ana Margarete Machado, não existe previsão para o retorno.

“Este é o entendimento da Prefeitura, apesar de que o município está há algum tempo na classificação de bandeira laranja”, revelou a secretária. A determinação da Prefeitura se estendeu às escolas particulares, o que frustrou as direções que dizem estar preparadas para a retomada das aulas presenciais.

Em algumas regiões do RS, as aulas foram retomadas como é o caso de Caxias do Sul. Bagé, onde a Prefeitura tinha revelado que não concordava com a posição do governo Estado, algumas escolas receberam alunos na manhã desta terça-feira (8).

IMPORTANTE

Em reunião realizada na manhã desta terça-feira (8), a ampla maioria das entidades regionais que compõem a Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) optou por não recomendar a retomada das aulas presenciais para as redes pública e privada. Ao todo, foram 24 votos a favor dessa decisão e três contrários.

Maneco Hassen, presidente da Famurs, afirma que essa é apenas uma orientação. “A nossa recomendação é que não volte nenhum setor de ensino, mas vamos respeitar a autonomia de cada município e de cada prefeito sobre sua cidade”, salientou.

O parecer final apenas reforça o posicionamento da instituição, que já havia manifestado no começo do mês, ser contrária ao retorno dos encontros presenciais. Para Hassen, o plano do Palácio Piratini não levou em consideração o estágio da pandemia no Estado, na comparação com outras regiões brasileiras e países, e não planejou um programa efetivo de testagem da população na tentativa de mapear a curva de transmissão.

O presidente da Famurs disse ainda que falta estrutura aos municípios. “Não há uma estrutura mínima para garantir que os protocolos sanitários sejam cumpridos”, observou.

CALENDÁRIO

O calendário proposto pelo governo:

Quem começa primeiro?

Pelo decreto, as datas para as atividades serem retomadas ficam da seguinte forma:

  • Educação Infantil, a partir de 8 de setembro
  • Ensino Médio, Técnico e Superior, a partir de 21 de setembro. Na rede estadual, a partir de 13 de outubro
  • Ensino Fundamental/anos finais, a partir de 28 de outubro
  • e Ensino Fundamental/anos iniciais, a partir de 12 de novembro.

 

Advertisement