Cachoeira, Cerro Branco e Novo Cabrais recolhem embalagens de agrotóxicos

Por 10 de setembro de 2021

A ação de logística reversa do setor do tabaco segue com mais um roteiro de recebimento de embalagens vazias de agrotóxicos. Agora chegou a vez de os produtores das regiões dos vales do Rio Pardo e Taquari fazerem a devolução dos recipientes dos produtos usados nas suas propriedades. Na segunda-feira, o programa realizado pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) em parceria com a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) inicia a coleta itinerante que beneficiará 19 municípios.

Serão percorridos 202 pontos de coletas até o dia 1º de novembro. O primeiro município do roteiro será Santa Cruz do Sul, onde 32 localidades rurais serão visitadas de 13 a 16 de setembro. Na sequência, as equipes do programa irão para as áreas de produção de tabaco em Rio Pardo, Pantano Grande, Passo do Sobrado, Vale Verde, General Câmara, Venâncio Aires, Mato Leitão, Santa Clara do Sul, Taquari, Bom Retiro do Sul, Vera Cruz, Vale do Sol, Candelária, Novo Cabrais, Cerro Branco, Caçapava do Sul e Cachoeira do Sul.

O coordenador do programa, Carlos Sehn, lembra que o recebimento é realizado seguindo todos os protocolos e recomendações sanitárias por conta da pandemia da Covid-19. “Os produtores devem respeitar as normas, como uso de máscara e o distanciamento na hora da entrega dos recipientes”, observa. Sehn destaca ainda que as embalagens devem estar tríplice lavadas, perfuradas, secas e com as tampas removidas para devolução juntamente com os recipientes. Os produtores participantes recebem comprovantes para apresentação aos órgãos ambientais, atendendo aos preceitos estabelecidos no decreto 4.074/2002.

No dia 26 de outubro, haverá coleta em Novo Cabrais (Cortado, Potreirinho, Cerrito, Centro e Linha Pfeifer).

Em Cerro Branco, o recebimento irá de 26 de outubro a 28 de outubro, passando por Linha Pfeifer, Arroio Bonito, Linha São Luis, Linha Alta, Alto Cerro Branco, Sede, Linha Botucaraizinho, Linha Santo Antônio, Linha São Pedro, Serraria Scheidt, Rodeio do Erval e Linha Alta de Cima. No dia 28 de outubro e 1º de novembro, terá coleta de embalagens em Cachoeira do Sul, com ação do programa em Rincão do Bosque – dia 28, Três Vendas, Faxinal da Guardinha e Taboão – dia 1º.

As embalagens devem ser entregues tríplice lavadas, os recipientes devem estar perfurados, secos e com as tampas removidas para devolução juntamente com as embalagens. Produtores participantes recebem comprovantes para apresentação aos órgãos ambientais, atendendo aos preceitos estabelecidos no decreto 4.074/2002.

SAIBA MAIS

Com a marca do pioneirismo em logística reversa, o Programa de Recebimento de Embalagens Vazias de Agrotóxicos foi criado no ano 2000, antecedendo a regulamentação da legislação sobre o tema. Desenvolvido de forma itinerante, atualmente o programa percorre dez roteiros distintos que abrangem todas as regiões produtoras de tabaco do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Em 21 anos de atuação, já foram mais de 17,5 milhões de embalagens corretamente destinadas. Atualmente, 113 mil produtores de tabaco gaúchos e catarinenses são atendidos pela coleta itinerante que percorre cerca de 1,8 mil pontos de recebimento nos dois Estados. No Paraná, iniciativas semelhantes realizadas pelas centrais locais são apoiadas pelas empresas associadas ao SindiTabaco. Os pontos de coleta e respectivas datas e horários estão disponíveis AQUI.