30.8 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 2 março, 2021 - 13:10
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Cachoeira abre mão de recurso contra bandeira vermelha

Crédito: Reprodução

Conforme o mapa do modelo de distanciamento controlado do Rio Grande do Sul, divulgado nesta sexta-feira (12), a Região 27 – com sede em Cachoeira do Sul foi classificada com bandeira vermelha (risco alto). Analisando os dados da semana, o Departamento Jurídico de Cachoeira do Sul, avaliou a falta de condições de reverter a classificação. Com isso, a Prefeitura e a associação regional descartaram entrar com recurso.

Nesta semana, a Região 27 ficou com media 1,58. Além disso, o histórico de análise do Gabinete de Crise, nas últimas semanas, desconsiderou pedidos realizados. A R27 apresentou piora na avaliação de três indicadores que abrangem dados específicos da região, totalizando um destes em avaliação de risco máxima (bandeira preta). Houve também 267% de aumento no número de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas e no número de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas por 100 mil habitantes.

O terceiro pior indicador individual, o número de óbitos nos últimos sete dias, registrou elevação de 33%: de três passou para quatro casos. A R27 ainda atingiu níveis de risco para acionamento da Salvaguarda de Bandeira Vermelha.

Avaliação

Nesta rodada do distanciamento controlado, as três regiões Covid da Macrorregião dos Vales obtiveram avaliação de bandeira vermelha (Cachoeira do Sul, Santa Cruz do Sul e Lajeado) com base na mensuração dos 11 indicadores.

Os registros de hospitalizações confirmadas para Covid-19 registradas nos últimos sete dias subiram 28%, passando de 43 para 60 na macrorregião (somando as três regiões Covid). Com relação a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), a quantidade de pacientes caiu entre as duas semanas, passando de 55 para 52 internados.

No caso de leitos clínicos, o número de pacientes subiu de 39 para 57, variação de 46%. E com relação aos internados por Covid-19 em leitos de UTI, o quantitativo subiu 4%, passando de 45 para 47 pacientes.

O indicador relacionado a capacidade de atendimento piorou no comparativo entre as semanas, mantendo-se na bandeira preta. Assim, o percentual de pacientes confirmados para Covid-19 em leitos de UTI, com relação aos leitos livres, aumentou. Enquanto na semana passada havia 0.78 leitos de UTI livres para cada leito de UTI ocupado por paciente Covid-19, nesta semana o indicador passou para 0.72.

No comparativo do número de leitos livres de UTI no último dia para atender Covid-19 entre as duas quintas-feiras, verifica-se uma queda (variação de -3%) no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19, passando de 35 para 34, com indicador definido em bandeira amarela.

Com as variações nos números de internados e na velocidade do avanço da doença, os dois indicadores macrorregionais que mensuram número de pacientes internados em UTI (por SRAG ou Covid-19) e o indicador de internados em leitos clínicos (Covid-19) obtiveram duas bandeiras amarelas e uma preta. Os indicadores de capacidade de atendimento e de mudança na capacidade de atendimento, mensuradas pela macrorregião, obtiveram bandeiras preta e amarela, respectivamente.

Cachoeira do Sul

Na versão preliminar do distanciamento controlado desta semana, a região de Cachoeira do Sul obteve a mensuração final compatível à bandeira vermelha. Houve aumento nos registros de hospitalizações para Covid-19 nos últimos sete dias, que passaram de três para 11 registros nesta semana, variação de 267%.

Com o registro de quatro óbitos nos últimos sete dias, houve aumento de 33% em relação aos registrados na semana anterior (três óbitos).

No caso do indicador de ativos sobre recuperados, a região registrou 284 ativos e 1.063 recuperados. Com isso, a razão entre as duas variáveis ficou em 0.27, uma piora em comparação a mensuração anterior, que estava em 0.26.

Destaca-se que a quantidade de novas hospitalizações em proporção da população é bastante elevada, refletindo na bandeira vermelha para o indicador de incidência na região.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região