22.9 C
Cachoeira do Sul
quarta-feira, 21 outubro, 2020 - 18:54
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

CACHOEIRA 39ºC, 40ºC, 41ºC…

Foto: Milos Silveira

Uma temperatura ainda mais escaldante promete tomar conta da vida do cachoeirense nos próximos dias. Segundo prognósticos do Instituto Climatempo, as máximas ultrapassarão a faixa dos 40ºC diariamente a partir da próxima semana. O cenário chama ainda mais atenção por não haver previsão de qualquer volume de chuva no período.

A partir do domingo (8), os termômetros na cidade passarão a marcar números cada vez mais elevados. A temperatura máxima de  37ºC saltará para 38ºC no dia seguinte e para 39ºC já na quarta-feira (11) e quinta-feira (12) da próxima semana. Os 40ºC serão rompidos justamente em uma “sexta-feira 13”. E o clima seguirá esquentando: 41ºC no dia 14 e 40 no dia 15, fechando a primeira metade de março.

Para começar a segunda quinzena, 39ºC será a marca máxima em Cachoeira do Sul.

Além do transtorno do calor e dos riscos contra a saúde, a preocupação também fica focada nas consequências para o agronegócio cachoeirense com a sequência da estiagem. Os prejuízos superam a cifra de R$ 8,4 milhões. O Governo Federal reconheceu a situação de emergência do Município no mês passado.

Sem previsão de chuva, o Rio Grande do Sul está na iminência de ingressar no status de Estado em condições de seca. A preocupante notícia foi confirmada nesta terça-feira (3) pelo secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, durante a coletiva convocada pela Emater para redimensionar as expectativas da safra 2019/2020, anunciadas inicialmente durante a Expointer do ano passado.

Pelas condições climáticas atuais, que ainda não são consideradas de seca e sim de estiagem por que atingem pontos isolados e representam produtividades desiguais, o Estado já está perdendo, em dinheiro, R$ 4,84 bilhões somente nas culturas da soja e do milho.

Advertisement
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região