20.2 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 26 outubro, 2020 - 01:37
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Bitrem não vence o barro da estrada ERS-403

 

Bitrem carregado de soja tombou às margens da estrada. Fotos: Divulgação

 

Basta chover para que a ERS-403, que liga Cachoeira do Sul a Rio Pardo, fique intransitável. Na tarde desta quinta-feira (3), um bitrem carregado de soja não venceu o atoladouro e tombou às margens da rodovia, que tem um trecho de cerca de 27 quilômetros sem pavimentação asfáltica. Em cada período de chuva, os motoristas e moradores são obrigados a enfrentar barro e alagamentos. A estrada, que é de responsabilidade do Daer, não recebe a devida manutenção.

A região mais atingida é a situada na localidade de Capão do Valo, na divisa de Cachoeira com Candelária e Rio Pardo. Sem o devido escoamento para a água da chuva, a estrada se transforma em uma dor de cabeça, para quem necessita escoar a produção (arroz, soja, milho) e outros produtos produzidos nas propriedades.

O asfaltamento da 403 se arrasta há quase 30 anos. O trajeto de 62 quilômetros entre Cachoeira e Rio Pardo ainda tem quase 27 quilômetros de estrada de chão, que durante o verão ou inverno ficam intransitáveis.

A primeira intervenção para o asfaltamento ocorreu em 1994, quando a obra foi dividida em dois lotes. De acordo com o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), a autarquia realiza constantemente a manutenção do trecho com serviços de patrolagem, a fim de manter as condições de trafegabilidade.

Advertisement
Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região