25 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 13 abril, 2021 - 13:18
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Associado Celetro aprova o desempenho da sua cooperativa

 

 

Presidente Benemídio conduziu a assembleia. Fotos: Cacau Moraes

 

Os associados da Cooperativa de Eletrificação Centro Jacuí (Celetro), reunidos em assembleia geral ordinária, realizada neste sábado (23), no Ginásio da Fenarroz, em Cachoeira do Sul, aprovaram o Balanço Patrimonial de 2018 e deram sinal verde para a direção implementar projetos em sua área de abrangência de 27 municípios da Região Central. A assembleia chamou atenção pela expressiva participação de associados.

O Balanço Patrimonial 2018 apresentou um raio x da Celetro e, mesmo assim, durante a assembleia, conduzida pelo presidente José Benemídio Almeida, foi feita a leitura de demonstrações contábeis. Com o Ginásio da Fenarroz lotado, os associados tomaram conhecimento que aconteceu em 2018  como, por exemplo, um acréscimo no quadro social de 414 novos sócios.

Em sua manifestação o presidente, José Benemídio Almeida, destacou o esforço da cooperativa em manter um serviço de qualidade e fez um apelo aos associados. “Senhor associado, fazemos aqui um apelo, para que nos ajude a cuidar de suas redes e a redução de repasse de custos para as tarifas, diminuindo o número de árvores plantadas em locais que em poucos anos estarão gerando prejuízos”, afirmou.

A Celetro mostra solidez. Hoje são 23.002 usuários. A sua atuação está centrada na realização de projetos como o Força para Educação, que distribui kits escolares para os filhos dos associados, o Qualificação Celetro, Cursos Profissionalizantes, Investimentos em Redes, em Novas Viaturas, de Interesses Comunitários e Natal do Ônibus Iluminado.

Durante a assembleia, um destaque especial. A presença de um dos fundadores da cooperativa, que esteve presente na reunião de 9 de setembro de 1969, no Clube Seco, em Restinga Seca. Benjamim Cassol, 87 anos, recebeu uma saudação especial do presidente José Benemídio Almeida.

50 ANOS

A Celetro chega em 2019 ao seu cinquentenário. A cooperativa fundada em Restinga Seca para levar energia elétrica às áreas rurais e mais tarde transferiu sua sede para Cachoeira do Sul. A Celetro possui 217 colaboradores e mantém 15 postos de atendimento distribuídos em regiões estratégicas. “Os 50 anos significam uma trajetória de constantes lutas, enfrentando as mais variadas instabilidades sejam econômicas sejam na área de distribuição de energia”, disse o presidente.

IMPORTANTE

A Celetro, além de sua atuação meio rural, também atuam em áreas urbanas. Oito cidades da área de abrangência da Celetro, na Região Central, recebem energia da cooperativa. Esta parceria é fundamental para o desenvolvimento desses municípios, que decidiram na década de 90 que poderiam se transformar e promover desenvolvimento, anseio almejado por seus moradores.

Sedes urbanas:

Estrela Velha, Lagoão, Dona Francisca, Paraiso do Sul, Novo Cabrais, Cerro Branco, Vila Nova do Sul e Santa Margarida do Sul

Parcial Perímetro Urbano:

Arroio do Tigre e Candelária

A grande maioria das localidades eram distritos, mas já recebiam a energia Celetro. Com o tempo, as comunidades foram se organizando e tomaram a decisão de criar comissões emancipacionistas. Foi um passo importante, porque na atualidade tornaram-se municípios reconhecidos e desenvolvidos.

 

A CELETRO

Malhas de redes

2015 – 5.282 Km

2016 – 5.306 Km

2017 – 5.315 Km

2018 – 5.442 Km

Crescimento: 2015 a 2018 – 0,95%

USUÁRIOS

2015 – 22.491

2016 – 22.726

2017 – 22.896

2018 – 23.002

Crescimento – 2015 a 2018 – 2,27%

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região