25 C
Cachoeira do Sul
terça-feira, 13 abril, 2021 - 14:18
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Assembleia monta grupo para debater riscos de rompimento da Barragem do Capané

Assembleia monta grupo para debater riscos de rompimento da Barragem do Capané

A Comissão de Saúde e Meio Ambiente do Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (13), a criação de uma subcomissão para expor, analisar e discutir a questão das barragens no Rio Grande do Sul. A proposta é do deputado Paparico Bacchi (PR), que será o coordenador dos trabalhos e terá 120 dias para apresentar relatório das ações desenvolvidas. Os deputados Silvana Covatti (PP) e Vilmar Lourenço (PSL) já anunciaram adesão ao grupo parlamentar. O prazo para inclusão de novos integrantes encerra na próxima quarta-feira (20).

Bacchi destacou que o objetivo é avaliar a situação das barragens gaúchas para prevenir tragédias a exemplo do ocorrido nos municípios mineiros de Mariane Brumadinho. De acordo com um relatório elaborado pela Agência Nacional das Águas, o Brasil tem 24 mil barragens, sendo que no Rio Grande do Sul foram construídas dez mil estruturas espalhadas em diversas regiões. Uma delas é em Cachoeira do Sul: Barragem do Capané. As outras que também apresentam riscos de rompimento são em Pelotas e Viamão.

O plano de trabalho prevê a estruturação de força-tarefa para ação rápida e articulada entre a subcomissão e a Agência Nacional de Águas, Defesa Civil, secretarias estaduais e Exército Brasileiro. A revisão da base cadastral do Sistema Nacional de Informações sobre Segurança de Barragens, também está inserida mas metas da subcomissão.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região