As 30 pessoas mais ricas da Internet no Brasil

Por 5 de abril de 2022

O Brasil é um dos países mais conectados do mundo. Existem mais smartphones do que pessoas e o acesso às redes sociais chegou a todas as classes sociais. Nos últimos anos, diversos segmentos bombaram dentro da rede e criaram celebridades brasileiras de uma maneira que antes só era possível com a televisão e talvez com o esporte.

Mas desde a ascensão da Internet para cá, verdadeiros impérios foram criados a partir da ideia de pessoas que decidiram usar sua própria criatividade, na maioria das vezes jovens com pouquíssimos recursos que decidiram apostar na criação de conteúdo e cresceram dentro de plataformas como Instagram, Youtube e TikTok.

Cada rede social bombada tem sua elite de criadores e que geralmente faturam dezenas de milhares de reais e até dólares com a criação de conteúdos que muitas vezes não custam nada. O que se espera desses influenciadores são eles mesmo com suas opiniões, aprendizados, conhecimentos e diversos outros tipos de conteúdo de acordo com cada segmento.

Os segmentos são os mais variados. Existem as chamadas ‘’Blogueiras’’, como são definidas as influenciadoras de moda e beleza e que hoje além de fazerem campanhas para todo tipo de marca, lucram milhões lançando suas próprias linhas de roupas, maquiagem, produtos para cabelo e até vitaminas. Os Influenciadores ‘’Fitness’’ também são outro segmento forte, geralmente conseguem contratos com as maiores marcas de roupa esportiva, tênis, acessórios, suplementos, aplicativos e etc.

Para quem procura uma nova profissão ou até mesmo novas perspectivas financeiras, a Internet também virou o lugar certo. Os influenciadores de finanças estão crescendo e levando milhares de pessoas junto. Existe uma elite de influenciadores de finanças formada por profissionais de diversos setores que criam conteúdos educacionais de qualidade, eles têm gerado um grande impacto no país e permitido que muitas pessoas se interessem pelo mercado financeiro. Reflexo disso são os dados da B3, Bolsa de Valores de SP, que aponta que o Brasil bateu o recorde de 5 milhões de investidores ativos em Janeiro deste ano.

Seja vendendo cosméticos, roupas, perfumes ou cursos, os influenciadores têm faturado cada vez mais e criaram verdadeiros impérios, além de marcas valiosíssimas e público fiel.

Nós fizemos uma pesquisa com dados coletados a partir de rankings de vendas, notícias de portais renomados, dados fornecidos por empresas e estimativas a partir dos números de visualizações no Youtube, campanhas em redes sociais e dados de plataformas de vendas de curso para listar os 30 influenciadores mais ricos do Brasil.

Personalidades como Anitta, Neymar e pessoas que ficaram famosas em reality-shows, música ou outro segmento, embora sejam extremamente relevantes dentro da Internet, não foram considerados para nossa lista. A lista é exclusivamente de influenciadores, que iniciaram suas carreiras com criação de conteúdo e a partir daí construíram seus próprios impérios.

Veja quem são os 30 influenciadores que mais faturam no Brasil:

Felipe Neto

Com cerca de 43 milhões de inscritos no Youtube, Felipe já foi considerado uma das 100 pessoas mais influentes do mundo. Começou no Youtube e hoje é CEO de um grupo que comanda várias empresas. Felipe fatura cerca de R$65 milhões por ano.

Camila Coelho

Ex-maquiadora de lojas de cosméticos nos Estados Unidos, Camila é ‘’blogueira’’ brasileira com carreira internacional. Ela é contratada por marcas nacionais e internacionais, para campanhas brasileiras e americanas com cachê que gira em torno de R$170 mil reais por uma postagem nas redes sociais. Camila também tem sua linha de cosméticos, roupas e também lança diversos produtos com sua assinatura para outras marcas.

Camila Coutinho

Uma das primeiras blogueiras de moda do Brasil, Camila Coutinho conquistou o mundo com seu ‘’Garotas Estúpidas’’ que se tornou um renomado portal de moda com redação, equipe comercial e diversos contratos de 6 e até 7 dígitos que lhe renderam uma grande fortuna e uma posição entre as influenciadoras mais ricas do país. Ao longo dos anos se renovou, foi para o Youtube, bombou no Instagram, fechou contratos com as maiores empresas de varejo, lançou cosméticos, sapatos, roupas, livros e se mantém entre as influenciadoras mais rentáveis, principalmente para marcas de luxo.

Whindersson Nunes

Whindersson começou gravando vídeos de humor no seu quarto e dali por diante o que mudou foi o número de inscritos que hoje gira em torno de 43 milhões somente no Youtube. Estima-se que ele receba em torno de 500 mil reais por mês apenas no Youtube, mas o comediante também fatura alto com publicidade e contratos de streaming. Atualmente ele tem contrato com a Netflix.

Camila Loures

Com 14 milhões de inscritos, Camila fatura cerca de R$500 mil por mês apenas com o Youtube. Ela também faz campanhas para marcas e fatura com licenciamentos. Recentemente ela comprou uma mansão de 14 milhões de reais em São Paulo, apenas mais uma em sua lista propriedades que conta com outras 3 mansões e 10 fazendas.

Nathalia Arcuri

Jornalista, Nathalia Arcuri já trabalhou como repórter no SBT e na RECORD, mas foi quando saiu da TV e criou seu canal de finanças ”Me Poupe” que ela passou a faturar. Ela conquistou mais de 6 milhões de inscritos para falar de finanças, passou a investir sua renda da Internet e multiplicou seu patrimônio. Hoje é considerada uma das mais importantes influenciadoras de finanças do Brasil.

Virgínia

Desde que publicou o primeiro vídeo no YouTube em 2016, quando tinha 17 anos, Virgínia acumulou na rede mais de 30 milhões de visualizações e 10 milhões de seguidores. Hoje, ela fatura com publicidades no Instagram, com sua rede de clínicas, sua marca de cosméticos e outros negócios também. Em 2021 uma de suas empresas vendeu R$ 10 milhões em apenas um mês.

Flavia Pavanelli

Antes de ser atriz no SBT, Flavia Pavanelli já bombava nas redes sociais e youtube, onde mantém 5 milhões de inscritos. Suas postagens nas redes sociais custam em média R$100 mil reais.

Kéfera

Em 2015 Kéfera já faturava cerca de R$ 400 mil por mês com seu canal do youtube. De lá pra cá foram contratos com marcas de todo tipo, produtos com seu nome, turnês bem sucedidas em teatros, contratos com a Netflix e com a Rede Globo. No ano passado Kéfera deu ‘’Adeus’’ ao seu canal ‘’cinco minutos’’ e passou a trabalhar em outros projetos, mas seus vídeos seguem rendendo milhares de visualizações. Por todo o tempo que lucrou milhares de reais no Youtube, Kéfera é uma das youtubers mais ricas do Brasil e mesmo após abandonar seu canal, seu faturamento só aumentou. Para uma marca contratá-la atualmente é preciso pagar cerca de cem mil reais por uma postagem.

Christian Figueiredo

Com cerca de 7 milhões de inscritos, estima-se que Christian Figueiredo fature cerca de R$ 350 mil reais por mês com seu canal no Youtube.

Carlos Magno

Carlos é um dos principais influenciadores do setor de investimentos e fatura alto com conteúdos educacionais. Sua mentoria ‘’MVI’’ é uma das mais concorridas do Brasil devido a grande popularidade que alcançou na Internet. Como investidor, Carlos fatura com seus conteúdos, investe seus lucros em bolsas de valores do Brasil, Estados Unidos e Criptomoedas e está criando assim um patrimônio que chegou a 20 milhões de reais no ano passado. Carlos vem de família humilde, seu patrimônio foi criado do zero e foi criando conteúdos educacionais e uma das mentorias mais concorridas do país que ele tornou-se um dos influenciadores mais ricos do Brasil.

Gessica Kayane

Por seu bom humor, Gkay sempre foi encorajada por amigos a fazer vídeos para a Internet. Ela tem 1,6 milhão de inscritos no Youtube e bombou mais ainda no Instagram e TikTok. Fechou contratos com a Netflix, Amazon, Globo e também criou a famosa marca ‘’Farofa da Gkay’’ que tornou-se um festival entre famosos e um dos eventos mais comentados na Internet durante todo o ano de 2021. Hoje em dia ela cobra cerca de R$ 40 mil por um story no Instagram e as campanhas podem chegar a mais de R$ 1 milhão.

Gustavo Cerbasi

Desde muito jovem, Gustavo já investia na bolsa. Ele é Mestre em Finanças (USP) e graduado em Administração Pública (FGV-SP), é consultor, professor, palestrante e autor de 16 livros com mais de 3 milhões de exemplares vendidos, entre eles o best-seller “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos”, que deu origem aos filmes da franquia “Até que a Sorte nos Separe”, a primeira trilogia da história do cinema brasileiro. Em 2016 criou seu canal no Youtube e passou a crescer nas redes sociais. Atualmente com 1,4 milhão de seguidores no Instagram ele tem alguns dos cursos de finanças mais comprados do Brasil e fatura tanto com seus cursos quanto com palestras e seus investimentos.

Carlinhos Maia

A simplicidade da vida de um jovem do sertão brasileiro colocou Carlinhos Maia em lista mundiais das pessoas mais seguidas do instagram no mundo. Ele tem cerca de 2 milhões de inscritos no Youtube, mas bomba mesmo é no Instagram com 24 milhões de seguidores. Hoje em dia, Carlinhos fatura alto com campanhas e também com seus próprios negócios. Ele é dono de uma rede de lanchonetes com mais de cem lojas no país, acabou de fundar seu próprio banco ‘’Gira Bank’’ e também tem contratos de publicidade e licenciamentos. Para fundar seu banco, ele investiu cerca de R$ 170 milhões.

Felipe Castanhari

Felipe criou seu canal ‘’nostalgia’’ em 2008 e em 2016 ele já figurava na lista da Forbes de Youtubers que mais faturam. De acordo com dados da Internet, com mais de um bilhão de visualizações em seus vídeos, Felipe fatura entre 300 mil e 600 mil dólares por mês apenas na plataforma de vídeos.

Suriel Ports

Com 1,43 milhão de inscritos no Youtube e 1 milhão de seguidores no Youtube, Suriel entrou para o Youtube em 2016 e ganhou fama na Internet falando de Trade. Suriel fundou a plataforma de streaming de conteúdos educacionais para finanças TouroClass em sociedade com o investidor Jonathas Freitas e conta com mais de 70 mil assinantes. Ele também fatura com cursos e mentorias.

Nathália Rodrigues – Nath Finanças

Em 2021 Nathália Rodrigues anunciou que faturou seu primeiro milhão de reais e desde então tem multiplicado seu patrimônio. Construiu um público forte na Internet falando de ‘’Finanças reais para pessoas reais’’ Nath criou seu canal em 2019, faturou o primeiro milhão em 2021 e em 2022 ela está na lista dos mais importantes influenciadores de finanças do país.

Jade Picon

Antes de entrar no Big Brother Brasil, Jade já era uma das mais importantes e mais rentáveis influenciadoras do Brasil. Em 2021 seu cachê para publicidade no Instagram girava em torno de R$ 250 mil e R$ 300 mil.

Rezende

Com o canal de Jogos RezendeEvil, o paranaense Pedro Rezende tem uma fortuna estimada em R$ 25 milhões conquistada a partir de publicidade, ganhos no youtube e negócios em que investiu a partir de sua popularidade na Internet, incluindo uma agência e uma produtora.

Maria Clara & JP

Os irmãos Maria Clara e João Pedro, de 10 e 13 anos, tem 35 milhões de inscritos no youtube e apenas na plataforma faturam cerca de 1 milhão de reais por mês. Além disso eles têm contratos de licenciamentos para mais de 15 tipos de produtos diferentes entre brinquedos, bonecos, pelúcia e roupas.

Marco Tulio – Authentic Games

Conhecido como o ‘’popstar’’ do Minecraft e fatura apenas com seu canal cerca de R$ 39 milhões por ano e já ultrapassou um bilhão de visualizações.

Renato Garcia

Renato criou uma identidade única para seus vídeos com conteúdos voltados para pré-adolescentes e adolescentes. Dessa maneira conquistou 21 milhões de inscritos no Youtube e 8 milhões de seguidores no Instagram. Estima-se que ele fature cerca de R$ 700 mil por mês apenas com o Youtube.

Lukas Marques e Daniel Molo (Vc Sabia)

Lukas e Daniel criaram juntos o canal ‘’Vc Sabia?’’ e de acordo com a Social Blade, instituição internacional que mede o faturamento dos canais de acordo com as visualizações, eles faturam juntos cerca de R$ 69 milhões por ano com o canal, sem contar os negócios e projetos individuais que cada um mantém.

Boca Rosa

Antes de ficar ainda mais famosa no BBB20, Bianca Andrade já faturava mais de um milhão de reais por mês com publicidades e visualizações no Youtube. Ela também já tinha sua marca de produtos para cabelo e também de maquiagem. Seus produtos faturaram tem faturamento anual de cerca de R$ 120 milhõe.

Thássia Naves

Thássia é das primeiras gerações das blogueiras e faturou dezenas de milhões de reais ao longo de sua carreira desde 2009. Ela já trabalhou para praticamente todas as marcas brasileiras e boa parte das maiores marcas internacionais, atualmente seus posts giram em torno de R$ 100 mil e ela acumulou um patrimônio com casas, apartamentos e diversos tipos de propriedades, negócios e empresas.

Leo Picon

Leo faz conteúdos para Internet há mais de 10 anos. Foi eleito homem do ano de 2018 pela Revista GQ e faz parte da Lista Under 30 da Revista Forbes. Já trabalhou para as maiores marcas nacionais e internacionais e atua em várias frentes diferentes como empreendedor, artista, diretor criativo e palestrante. É empresário bem sucedido com empresas como a marca de roupas Approve, a casa noturna Galleria, hamburgueria, boate, produtora entre outros negócios. É conhecido por falar o que pensa e por promover apenas marcas que ele consome, dessa maneira tem contratos com algumas das maiores empresas do mundo.

Bruno Perini

Bruno começou a fazer vídeos para o youtube em 2013, ele começou a investir aos 17 anos e fez seu primeiro milhão de reais aos 29 anos. Conciliou suas habilidades em investimentos com o talento para comunicação e passou a lucrar tanto com suas operações no mercado financeiro, bitcoins quanto com seu canal no Youtube e seus cursos virtuais.

Thiago Nigro

De acordo com a InfoMoney, o patrimônio de Thiago Nigro é de R$22 milhões de reais em ativos. Este número pode ser muito maior se considerar as empresas de Thiago, o Grupo Primo e seus imóveis. Ele tem o maior canal de finanças do mundo com 5 milhões de inscritos e também fatura cerca de 300 mil reais por mês com seu canal de Youtube. A fortuna de Thiago está se expandindo rapidamente conforme ele investe em cada vez mais frentes diferentes, gerando diversos tipos de geração de receita, além é claro de sua ótima performance como Investidor e sua própria corretora, a Rico.