Após ser violentada, menina de 5 anos é morta

Por 4 de setembro de 2021

A Polícia gaúcha voltou a registrar um crime bárbaro contra uma criança. O cenário, dessa vez, foi Lajeado, no Vale do Taquari. Neste sábado, uma menina de 5 anos de idade foi morta após ser violentada sexualmente por um homem de 35 anos, conhecido da mãe da menor.

Conforme apurado, o homem foi até a casa da família e convidou a criança para ir com ele até um supermercado. A mãe da menina autorizou.

Com a demora, a mulher entrou com contato com conhecidos e passou a fazer buscas aos dois. No caminho, ela encontrou uma guarnição da Brigada Militar e relatou a situação. Na sequência, a Polícia também foi avisada.

Policiais militares localizaram o homem vindo da direção da barranca do Rio Taquari para a área central da cidade. Chamou a atenção que as roupas dele estavam molhadas e sujas de barro. Ainda foram verificados sinais de luta corporal e arranhões pelo seu corpo. O homem acabou detido, mas disse desconhecer sobre o desaparecimento da menina.

As buscas seguiram. Um popular informou ter visto o detido carregando a criança na garupa e seguindo em direção à barranca do rio, atrás de um supermercado. O corpo da menina foi encontrado, totalmente nu, boiando nas águas do Taquari. A criança estava inconsciente e em parada cardiorrespiratória.

A vítima foi encaminhada para atendimento no Hospital Bruno Born. No entanto, a menor não resistiu e morreu. O relatório do prontuário médico apontou indícios de violência sexual.

O homem foi autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável, qualificado pela morte da vítima. As roupas foram recolhidas para a perícia. Já o corpo da criança deve passar por exames para a coleta de vestígios sobre a violência sexual. O detido foi encaminhado ao Presídio Estadual de Lajeado, onde fica à disposição da Justiça.

Crédito: Corpo de Bombeiros