Apenado comandava golpes no “Facebrick” de dentro da cadeia

Por 30 de janeiro de 2021

Equipamentos eletrônicos eram comprados por apenado que fechava negociações com celular de dentro da cadeia / Foto: Polícia Civil/Divulgação

Investigações da Polícia Civil apontam que os golpes aplicados em Cachoeira do Sul em grupo de venda no Facebook, o popular Facebrick, eram comandados por um apenado recolhido no complexo penitenciário de Charqueadas. Duas jovens, de 18 e 22 anos, e uma testemunha foram conduzidas à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) nesta sexta-feira (29) após a Polícia Civil apreender um notebook Acer e dois videogames Xbox One nos bairros Noêmia e Augusta.

Segundo a Polícia, as jovens atuavam como cúmplices nas negociações. O detento, que seria cachoeirense, fazia com um celular, de dentro da cadeia, ofertas de compra no Facebrick de equipamentos eletrônicos colocados à venda, com preferência por aparelhos de alto valor. Fechadas as negociações, uma das garotas era informada pelo preso e se dirigia até as pessoas que haviam vendido os produtos com falsos comprovantes de depósito bancário para fazer as retiradas.

REVENDA

A outra cúmplice era responsável pela revenda dos equipamentos. Um empresário, dono de uma loja de eletrônicos, é investigado pela Polícia por ter comprado um dos videogames e o notebook por R$ 2,5 mil. O homem alegou à Polícia não saber da procedência ilícita do material. Ele corre o risco de ser indicado por receptação no encerramento do inquérito. Os nomes de todos os envolvidos são mantidos em sigilo pela Polícia para preservar as investigações.  Ninguém foi preso.

O notebook já foi restituído ao proprietário. Os donos dos videogames devem procurar a Polícia Civil e apresentar notas fiscais ou outro meio que comprove a propriedade dos aparelhos para que sejam restituídos.

A DPPA fica na Rua Isidoro Neves da Fontoura, junto ao Centro de Operações da Polícia Civil. Para mais informações, o telefone é (51) 3722-3388.