25.2 C
Cachoeira do Sul
sábado, 17 abril, 2021 - 13:56
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Alerta: “Golpe da Covid” atinge Região

A Polícia Civil de Restinga Sêca está investigando um golpe que utiliza a pandemia de Covid-19 no seu enredo. A vítima foi um homem de 35 anos que compareceu na Delegacia de Polícia na tarde desta quarta-feira (17) e denunciou que havia sido alvo de clonagem do seu WhatsApp e de extorsão. Segundo apurações iniciais da Polícia, as vítimas são pessoas que já tiveram a doença e se curaram.

O golpista entrou em contato com a vítima – que venceu a Covid – e fingiu ser funcionário do Ministério da Saúde. O criminoso argumentou que precisava confirmar dados pessoais e relacionados à doença, desde sintomas que a pessoa teve até informações de familiares. Ainda conforme a investigação policiail, o número discado tinha o código de área 55.

Para validar a pesquisa, de acordo com o estelionatário, a vítima receberia uma mensagem de texto por SMS com um código, o qual deveria acessar. No entanto, ao fazer o acesso, o homem teve os dados do Whatsapp clonados.

Na sequência, familiares da vítima começaram a receber mensagens com pedidos de dinheiro em nome dela. Segundo contou aos policiais, todos desconfiaram e ninguém caiu no golpe. No entanto, para a sua surpresa, o golpista ligou mais uma vez e tentou extorquir o homem em R$ 1 mil para que ele pudesse ter de volta os dados que haviam sido clonados.

Cuidados

A orientação de especialista é evitar o compartilhamento do código de confirmação do WhatsApp recebido por SMS com outras pessoas. Se houver suspeita da utilização da conta, o titular deve informar seus familiares e amigos.

O WhatsApp é protegido com a criptografia de ponta a ponta e suas mensagens são armazenadas em seu aparelho. Se alguma pessoa acessar sua conta de outro dispositivo, ela não poderá ler suas conversas.

CLIQUE AQUI PARA MAIS DICAS CONTRA GOLPES QUE ENVOLVAM O WHATSASSP

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região