20.1 C
Cachoeira do Sul
segunda-feira, 30 novembro, 2020 - 20:54
Cachoeira do Sul e Região em tempo real
  • Inicio
  • DESTAQUES
  • Água da Corsan está no Piquiri. Agora é a vez da Vila Vargas

Água da Corsan está no Piquiri. Agora é a vez da Vila Vargas

 

 

 

Reservatório com capacidade para 50 mil litros foi instalado na vila. Fotos: Cacau Moraes

 

A Corsan entregou oficialmente na manhã desta quarta-feira (27) o abastecimento de água para a Vila do Piquiri, em Cachoeira do Sul, depois de um longo período de espera pela comunidade. Das 200 residências, 40 estão ligadas na rede da Corsan. Agora, a autarquia promete se voltar para a Vila Vargas, que é vizinha ao Piquiri, e se localizada também às margens da BR-290. Pelo menos esta foi a promessa do diretor-presidente da Corsan, o cachoeirense Jorge Melo.

Na Vila do Piquiri a água da Corsan substituirá o abastecimento que era feito pela Prefeitura. Nos primeiros três meses de distribuição, a empresa não irá cobrar taxa dos moradores. Além da perfuração de um poço artesiano, a Corsan construiu um reservatório para 50 mil litros e instalou equipamentos para abastecer a vila. O investimento, conforme Jorge Melo, foi de R$ 600 mil.

A Corsan demorou para levar água para a Vila do Piquiri. O poço artesiano, por exemplo, fica cerca de 2,5 Km longe das moradias e, por isto, foi preciso conseguir uma autorização do Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit), para que a rede cruzasse por baixo da BR-290. “A demora nesta liberação nos preocupou, mas depois conseguimos resolver”, afirmou Jorge Melo.

No Piquiri, a solenidade de entrega da rede de água às famílias, aconteceu em frente ao posto da Estratégia da Saúde da Família (ESF), na Rua Geraldo Melo da Silveira. O ato contou com a presença da direção da Corsan, de moradores, lideranças comunitárias, vereadores, do prefeito Sergio Ghignatti e parte de seu secretariado.

VILA VARGAS
A Vila Vargas é uma vilarejo que fica próximo ao entroncamento da BR-153 com a BR-290. Existe na comunidade uma associação que administra a distribuição de água de um poço artesiano, mas nem todas as moradias são atendidas. A Corsan se dispõe a elaborar um projeto, mas não existe garantia de que a conclusão ainda irá ocorrer neste ano.

 

Diretor-presidente da Corsan, Jorge Melo.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região