7.8 C
Cachoeira do Sul
sexta-feira, 14 maio, 2021 - 11:15
Cachoeira do Sul e Região em tempo real

Abigeato: Cachoeira reduz menos que média do RS

A reportagem do Portal OCorreio teve acesso aos dados da Secretaria Estadual da Segurança Pública dentro do levantamento de índices criminais do primeiro trimestre do ano. Em comparação ao mesmo período de 2020, Cachoeira do Sul registra queda no número de abigeato. Nos três primeiros meses de 2021, os órgãos policiais contabilizaram dez casos em Cachoeira – um registro em janeiro; três em fevereiro; dez em março. Já no primeiro trimestre do ano passado, foram 12 casos, sendo quatro em cada um dos três meses. Ou seja, uma redução de 16,7% no total. Durante todo o ano de 2020, foram registrados 49 casos de abigeato.

O retrospecto estadual apresenta uma redução mais acentuada nos registros do crime de abigeato. Na comparação entre os três primeiros meses de 2020 e 2021, a queda foi de 26,5% (de 1.286 para 945).

Em janeiro de 2020, o Estado registrou 438 casos. Já no mesmo período do ano seguinte, 316. No mês de fevereiro do ano passado, foram 436 ocorrências de abigeato. Em fevereiro de 2021, 290 casos. E em março de 2020, 412 registros. Em março de 2021, 339 casos atendidos. Durante o ano passado, foram 5.261 ocorrências de abigeato no Rio Grande do Sul.

Operação

A mais recente operação policial realizada no Estado contra a prática de abigeato foi em resposta contra uma ataque criminoso que resultou na troca de tiros com policiais militares.

No fim de março, os dois policiais da Brigada Militar de Passo do Sobrado foram alvos de tiros em ação deflagrada após receberem a informação de moradores de que um caminhão Ford, modelo F-600, cor branca, com placas de Venâncio Aires, estaria transportando uma carga suspeita de furto abigeato. Dois policiais, então, iniciaram as buscas.

Crédito: BM/Passo do Sobrado

Pela noite, um veículo com as características mencionadas foi localizado em uma estrada vicinal da localidade de Passo da Mangueira, próximo ao chamado Corredor dos Fontouras. Os policiais anunciaram a abordagem, quando o caroneiro desceu do caminhão e fugiu para o mato. Já o condutor passou a atirar usando um revólver calibre 38. Depois da troca de tiros, o motorista fugiu na direção de uma lavoura.

Na carroceria do veículo estavam 14 animais sem procedência esclarecida. A suspeita é de que o gado havia sido furtado em uma propriedade rural do interior de Passo do Sobrado.

Em resposta, a Brigada Militar realizou uma operação contra a prática de abigeato em uma propriedade em Várzea Oliveira Santos, no interior de Vale Verde, na quarta-feira (7) O Setor de Inteligência da corporação monitorou a área para orientar as ações, que buscaram em torno de 100 cabeças de gado em uma propriedade com 346,7 hectares. Cerca de 15 viaturas, duas motocicletas e 40 policiais integraram a operação.

Crédito: BM

No dia seguinte, a Brigada Militar apreendeu mais 22 bovinos no interior de Vale Verde, em uma propriedade particular. Os animais foram avaliados pela Inspetoria Veterinária com objetivo de verificar a ligação dos animais com crimes de abigeato, que é o furto de animais.

Portal OCorreio
Portal de notícias de Cachoeira do Sul e Região